Próxima Edição -19 de outubro

17 C
Gondomar
Quinta-feira, Setembro 21, 2023

Centro Ciclista de Gondomar celebra 80 anos a pedalar pelo país

Também pode ler

Edifício sede do Centro Ciclista de Gondomar na Avenida da Conduta / Direitos Reservados
Edifício sede do Centro Ciclista de Gondomar na Avenida da Conduta / Direitos Reservados

É uma das principais coletividades do concelho e uma referência do ciclismo nacional. Em 2014, o Centro Ciclista de Gondomar celebra o 80.º aniversário com ambições renovadas para o próximo ano. Equipa de ciclismo de estrada volta a ser equacionada pela direção do clube.

Manuel Rocha, presidente da Assembleia Geral do Centro Ciclista de Gondomar, é o membro mais antigo da atual direção do clube. De memória afiada e histórias do tempo em que a associação competia e conquistava troféus com as equipas de ciclismo e atletismo, o dirigente recorda a fundação do Centro Ciclista de Gondomar, na freguesia de Valbom.

“A associação nasceu em Carregais, Valbom. Não sabemos ao certo quantas pessoas fundaram o Centro Ciclista, mas achamos que foram quatro. Como dois dos fundadores eram do Taralhão, o Centro mudou-se para aqui [Taralhão], em 1934”, recorda Manuel Rocha.

Em 80 anos muita coisa mudou e o clube é hoje detentor de uma sede invejável, inaugurada em 2008, na Avenida da Conduta. No entanto, para trás ficaram as equipas de ciclismo e atletismo que tantos títulos deram à coletividade.

Entre os vários atletas formados pela Centro Ciclista, Paulo Ferreira e Cosme de Oliveira são os nomes mais sonantes de um clube formado por “malta que sempre gostou do ciclismo”.

“Somos conhecidos a nível nacional e temos um grande peso no concelho. Neste momento é a equipa de BTT que leva o nosso nome a Portugal inteiro”, diz Jorge Silva, presidente da direção.

Atual direção da coletividade / Foto: Pedro Santos Ferreira
Atual direção da coletividade / Foto: Pedro Santos Ferreira

Hoje o Centro Ciclista de Gondomar não tem uma equipa de ciclismo profissional, mas para 2015 existe uma ambição de retomar a competição na modalidade. “Se criarmos uma equipa queremos assegurar um projeto com duração de longo prazo, mas neste momento está muito difícil porque ainda não é possível viver do ciclismo em Portugal, apesar do concelho reunir boas condições para andar de bicicleta e o número de praticantes ter vindo a aumentar”, refere o presidente.

Atualmente, o Centro Ciclista tem 350 sócios e cerca de 60 atletas a competir em três modalidades: futebol, bilhar e BTT.

A coletividade é também responsável pela organização do Grande Prémio do Taralhão, uma das principais referências do clube. A prova já vai na 46ª edição e promete continuar a trazer o ciclismo a Gondomar.

Mais artigos

8 COMENTÁRIOS

  1. Hello! Do you know if they make any plugins to assist with SEO?
    I’m trying to get my blog to rank for some targeted keywords
    but I’m not seeing very good gains. If you know of any
    please share. Many thanks!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias