Próxima Edição - 26 de Janeiro

3.7 C
Gondomar
Terça-feira, Janeiro 31, 2023

“De cada vez que falo nas minas é uma doença”

Também pode ler

Minas de Carvão de S. Pedro da Cova encerraram há 45 anos. Trabalhadores recordam “tempos difíceis” no I Encontro organizado pela Junta e Museu Mineiro

Minas de S. Pedro da Cova / Direitos Reservados
Minas de S. Pedro da Cova / Direitos Reservados

A data de 25 de março de 1970 está gravada na memória de grande parte da população de S. Pedro da Cova como o dia em que mais de 700 trabalhadores foram despedidos das Minas de Carvão da freguesia. Um misto de sentimentos envolve, ainda nos dias de hoje, alguns ex-mineiros e funcionários que recordam o emprego que lhes permitia sobreviver mas também “a escravidão” vivida durante parte dos 170 anos de funcionamento das minas e as vidas de amigos e colegas que se foram perdendo no exercício das suas profissões. A União das Freguesias de Fânzeres e S. Pedro da Cova e o Museu Mineiro decidiram agora juntar estas “vozes do passado” num primeiro encontro de trabalhadores, 45 anos depois. O Vivacidade recolheu algumas dessas memórias.

Ana Martins de Oliveira, 90 anos, ex-trabalhadora das Minas de S. Pedro da Cova / Foto: Pedro Santos Ferreira
Ana Martins de Oliveira, 90 anos, ex-trabalhadora das Minas de S. Pedro da Cova / Foto: Pedro Santos Ferreira

Ana Martins de Oliveira tem 90 anos e dedicou 17 ao trabalho nas Minas de Carvão de S. Pedro da Cova. Atualmente, passa grande parte do seu tempo no Centro de Dia da Associação Social Estrelas de Silveirinhos. Ao Vivacidade, conta como era difícil “viver das minas” a empurrar vagonetas [carrinhos de transporte de carvão], um trabalho ainda assim menos “arriscado” que o dos homens. “Eles trabalhavam lá em baixo, as mulheres não. Era um trabalho muito duro, uma escravidão, mas era onde podíamos ganhar dinheiro. Fiz muitas coisas: partia carvão, escolhia carvão, entre outras coisas. Ia buscar a marmita à cantina, mas passávamos muitos trabalhos. Trabalhávamos 8 horas por dia. Ganhávamos sete escudos e depois passamos a ganhar 11 escudos”, afirma Ana Oliveira.

Mais artigos

8 COMENTÁRIOS

  1. Attractive section of content. I just stumbled upon your website
    and in accession capital to assert that I get
    actually enjoyed account your blog posts. Any way I will be subscribing to your augment and even I achievement you access consistently
    fast.

  2. Just desire to say your article is as amazing. The clarity in your post is just cool and
    i can assume you’re an expert on this subject. Well with your permission allow me
    to grab your RSS feed to keep up to date with forthcoming post.
    Thanks a million and please continue the rewarding work.

  3. Hey I know this is off topic but I was wondering if you knew
    of any widgets I could add to my blog that automatically tweet my newest twitter updates.
    I’ve been looking for a plug-in like this for quite some time and was hoping
    maybe you would have some experience with something like
    this. Please let me know if you run into anything.
    I truly enjoy reading your blog and I look forward to your new updates.

  4. First of all I want to say fantastic blog! I had a quick question which
    I’d like to ask if you do not mind. I was curious to find out how
    you center yourself and clear your head prior to writing.
    I have had a hard time clearing my thoughts in getting my thoughts out.
    I truly do enjoy writing however it just seems like the first 10 to 15 minutes are lost simply just trying to figure out how to begin. Any ideas or hints?
    Kudos!

  5. An impressive share! I’ve just forwarded this onto
    a friend who has been conducting a little homework on this.
    And he actually ordered me dinner due to the fact that I stumbled upon it for him…

    lol. So let me reword this…. Thank YOU for the meal!!
    But yeah, thanx for spending time to discuss this issue here on your web site.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias