Próxima Edição - 17 de fevereiro

8.9 C
Gondomar
Segunda-feira, Janeiro 24, 2022

CINDOR responsável pela Coroa e as Tiaras da MISS Portuguesa

Também pode ler

A CINDOR recebeu nas suas instalações a visita do Presidente da Organização da Miss Portuguesa, Isidro Brito, que fez-se acompanhar pela Miss Portuguesa 2021, pela 1ª e 2ª Damas de Honor, pela Miss Grand Portugal, pela Miss Portuguesa 2016 e Miss Universo. Para além da visita ao centro, houve ainda tempo para uma workshop de ourivesaria e uma sessão fotográfica com jóias do espólio do CINDOR.

> Presidente da Organização da Miss Portugal, acompanhado pelas Misses e pela diretora do CINDOR

Tendo como base uma parceria realizada entre as duas entidades – CINDOR e Miss Portuguesa – a empresa gondomarense teve o desafio de realizar a Coroa e a Tiara das Misses. Estas jóias da autoria do CINDOR serão agora utilizadas em concursos nacionais e internacionais.

Para a confecção das mesmas, todos os detalhes foram pensados e cuidados até ao mínimo detalhe pela equipa do CINDOR. Assim, estas três peças celebram a arte da ourivesaria e joalharia, incorporando diferentes técnicas aplicadas manualmente pela equipa de formadores que se dedicou a este projeto. Paulo Martingo, responsável pelo design e produção das peças refere que, “A Coroa é inspirada no corpo feminino, na silhueta da mulher, enquanto símbolo de beleza, havendo uma referência à perenidade do belo através do símbolo do infinito que surge como elemento central”.

Inteiramente executada em prata e cravada manualmente com pedras de cor, apresenta no centro uma pedra de tamanho considerável, que mantém o foco numa beleza que se pretende iluminada e eterna. Sérgio Silva, responsável pela cravação da Coroa e das Tiaras, menciona “que este é um projeto exigente e, “Simultaneamente, motivador, porque inclui diferentes técnicas de cravação e evoca a arte da joalharia portuguesa que agora será transportada além-fronteiras”. Estas peças foram ainda inspiradas no rio Douro.

Eunice Neves, diretora do CINDOR, realça o seguinte: “É um privilégio para o CINDOR ser parceiro de uma iniciativa de impacto mundial, que permitirá levar ainda mais longe a arte da ourivesaria e joalharia portuguesa, uma vez que as vencedoras deste concurso deixarão como legado a Coroa e as Tiaras, que passarão às suas sucessoras repetidamente nos próximos anos”.

Para o Presidente da Miss Portuguesa a razão da decisão de escolher o CINDOR foi “Simples”, dado que a ligação desta organização para com o Município de Gondomar remete-nos a eventos passados, como por exemplo a parceria com o lançamento da Rota da Filigrana, ou com a gala realizada em Gondomar, onde foi apresentado o maior coração do mundo realizado também com esta arte de ourivesaria. O que consequentemente, originou uma ligação entre o CINDOR e a Organização.

Segundo o responsável pelo concurso de beleza nacional, o desafio lançado para que as peças fossem feitas em Gondomar partiu do ex-vereador, Carlos Brás, nesse momento, Isidro revela que Eunice Neves propôs que fossem realizadas pelo CINDOR.

Sobre as peças confeccionadas Isidro sublinha que, “São muito dignas, são Nacionais e são feitas num Centro que aprende com o passado e olha para o futuro. Há aqui uma curiosidade que é, as peças foram feitas em conjunto, mas como é óbvio, quando vemos a peça finalizada é diferente, foi uma surpresa, gostamos muito, tem brilho, ou seja, tem tudo aquilo que nós queríamos e são nossas”.

Natural de Foz do Sousa, Ana Teixeira, 2ª Dama de Honor do Miss Portuguesa e Miss Supranational Portugal, revelou que “é um orgulho ter o privilégio” de poder unir no seu percurso, o concurso Miss Portuguesa, que lhe é importante pelos valores transmitidos e a Cindor, “Uma marca de Gondomar que representa parte da cultura do meu concelho: a arte da ourivesaria”.

“O Miss Portuguesa é o maior concurso de beleza em Portugal e onde está presente todo o glamour de uma mulher, sendo as jóias um acessório indispensável. Esta parceria é uma mais-valia para ambas as partes pois, as jóias fabricadas pelo CINDOR podem ser usadas em diversos momentos e situações, tanto nacionalmente como internacionalmente, sendo que o Miss Portuguesa elege representantes portuguesas para os cincos maiores concursos de beleza do mundo (Miss Mundo, Miss Universo, Miss Internacional, Miss Supranational e Miss Grand International) entre outros concursos internacionais, o que valoriza a nossa tradição na arte de ourivesaria”, contextualiza a jovem, acrescentando ainda que, “O facto de termos visitado presencialmente o CINDOR e visto de perto a arte em diversas peças distintas, fez com que a coroa e as tiaras desenvolvidas ganhassem ainda mais simbolismo e encanto. No momento em que vi pela primeira vez a coroa e as tiaras, foi notório toda dedicação, todo o simbolismo, e toda a arte colocada em todas as peças, tornando-as lindíssimas e especiais”. “Quando fui coroada senti-me honrada por, além de ter ganho dois títulos tão significativos, ganhar ainda o direito a usar no meu mandato uma tiara tão bonita desenvolvida no meu concelho. Foi sem dúvida um sentimento único”, revela a Miss.

Marco Martins, Presidente da Câmara Municipal de Gondomar reforça o orgulho que é, presenciar esta parceria realizada, onde uma organização do estatuto do Miss Portuguesa tenha procurado Gondomar para a confecção destas jóias: “ É uma empresa nossa e é um motivo de orgulho que a Miss Portuguesa venha a Gondomar, enquanto fornecedor, para fabricar uma peças tão importantes que são as tiaras que as finalistas usam. E o mais importante ainda é que ajuda na promoção da imagem de Gondomar, enquanto capital da ourivesaria”.

- Publicidade -spot_img

Mais artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias