“Decréscimo” nas Festas de S. Bento das Peras e S. Cristóvão

Fogo de artifício das Festas de S. Bento das Peras e S. Cristóvão / Direitos Reservados

Fogo de artifício das Festas de S. Bento das Peras e S. Cristóvão / Direitos Reservados

As Festas em Honra de S. Bento das Peras e S. Cristóvão, em Rio Tinto, decorreram de 3 a 12 de julho. Apesar “do grande esforço” da Comissão de Festas, Câmara Municipal e Junta de Freguesia, a autarquia admitiu que se assistiu, este ano, a um “decréscimo” nos visitantes e vendedores da romaria.

De 3 a 12 de julho, Rio Tinto voltou a receber a romaria a S. Bento das Peras e S. Cristóvão. Apesar do cartaz alargado de iniciativas religiosas e profanas, o presidente da Junta de Freguesia de Rio Tinto, Nuno Fonseca, considera que existe um “decréscimo” na organização destas festas. “A Comissão de Festas fez um esforço grande para melhorar o evento que teve um apoio fundamental do Município, que fez um pagamento extraordinário de uma banda – Os Iniciadores – mas nota-se um decréscimo nas festas e é necessário olhar para as mesmas de outra forma”, admite o autarca. Para Nuno Fonseca “a Comissão de Festas, a Junta e a Câmara têm que reunir-se” de forma a, por exemplo, “repensar o posicionamento das festas, os divertimentos e outro conjunto de fatores”. “Houve um decréscimo no número de vendedores e vamos tentar perceber porque é que isto aconteceu”, acrescenta.

Quanto a ajudas, “a Junta já dá um apoio muito forte.” “Podem surgir novos apoios mas os que damos já são relevantes. Espero que no próximo ano se aumente a aposta nas Festas. Este ano o apoio da Junta foi ligeiramente superior em relação ao ano passado. Além disso, demos apoio logístico e apoiamos a realização de algumas iniciativas inseridas no programa”, esclarece o presidente.

Na opinião de Nuno Fonseca, “os divertimentos deveriam mudar de localização porque estão distanciados da zona da festa, o Largo da Igreja.” “Parece que existem duas festas diferentes. Um local alternativo seria a Avenida do Rio Tinto, por exemplo, mas seria necessário reforçar a apetência elétrica do local”, conclui.

Entre outras coisas, as Festas a S. Bento das Peras e S. Cristóvão contaram este ano com um sarau desportivo, vários concertos, um festival de folclore, fogo de artifício e todas as celebrações religiosas habituais, terminando às 18h do dia 12 de julho com a procissão em honra de São Bento das Peras e S. Cristóvão.

,