Albergue de Proteção Animal vence Orçamento Participativo 2017

Orçamento Participativo 2017 - abril 2017

A Associação Animais da Quinta lançou a proposta vencedora do OP 2017 / Foto: Pedro Santos Ferreira

A proposta de criação de um Albergue de Proteção Animal, lançada pela Associação Animais da Quinta, recolheu 731 votos, tendo sido vencedora do Orçamento Participativo 2017.

A Associação Animais da Quinta (AAQ) venceu o Orçamento Participativo 2017, iniciativa do Município de Gondomar, com a proposta de criação de um Albergue de Proteção Animal, que arrecadou o maior número de votos dos gondomarenses.

Com esta proposta, a AAQ procura “recolher e entregar animais para adoção, apoiar e promover as adoções através do seu acompanhamento e da formação visando a consciencialização social de acompanhamento de direitos dos animais e prevenção de maus-tratos e abandono”, aponta o comunicado da AAQ.

Em entrevista ao nosso jornal, Lurdes Delgado, presidente da AAQ, mostra-se satisfeita com a vitória no OP 2017 que “permitirá ao Município de Gondomar tomar medidas para dar resposta ao fim dos canis de abate”. “Queremos que este albergue seja uma mais-valia para todos os gondomarenses. O espaço deverá ter capacidade para receber 150 animais, mas o objetivo passa pela promoção das adoções e esterilizações”, afirma a responsável pela AAQ.

O Albergue de Proteção Animal deverá ter ainda um espaço de clínica, um crematório e um centro de atividades e workshops para a divulgação contra o abandono dos animais.

A proposta vencedora do OP 2017 deverá ser concluída até ao final deste ano. O Município disponibiliza 150 mil euros para a concretização do albergue.

“Todas as propostas constituem uma mais-valia”
Ao Vivacidade, Aurora Vieira, vereadora da Cidadania e Participação da Câmara de Gondomar, congratula-se com as propostas apresentadas pelos munícipes na presente edição do OP. “Todas as propostas constituem uma mais-valia, pois dão-nos uma visão de interesses de munícipes que vamos incorporando no processo de decisão e definição de projetos”, afirmou a autarca.

“A mais-valia do projeto é a participação, recolha de ideias e implementação das mesmas”, conclui Aurora Vieira.

OP 2017 atingiu votação recorde
Segundo o Município de Gondomar, o nível de participação no OP 2017 “subiu exponencialmente”, por comparação com o anterior OP. “Menos propostas apresentadas (de 33 passou para 14), mais utilizadores registados (de 2069 passou para 4821) na plataforma e um total de votantes online recorde: 2827 (1465 no anterior OP)”, salienta a Câmara de Gondomar no comunicado enviado à imprensa.

As propostas “Escuteirar Educar para a Vida” (728 votos) e “Cobertura do Passadiço” (296 votos) ficaram em 2.º e 3.º lugar, respetivamente.

, , , ,