Alberto Pacheco trouxe o bronze da matemática de Porto Rico

Alberto Pacheco - Olimpíadas Ibero-Americanas 2015

O estudante tenciona lutar pela medalha de prata na próxima edição / Foto: DR

Alberto Pacheco, 16 anos, aluno do Colégio Paulo VI, venceu a medalha de bronze nas Olimpíadas Ibero-Americanas da Matemática em Porto Rico. Em entrevista ao Vivacidade, o estudante admite que espera “alcançar uma medalha de prata numa próxima edição” e seguir uma profissão “relacionada intimamente com a matemática”.

Que significado teve esta medalha de bronze?
A medalha é um prémio pelo que consegui nesta Olimpíada mas também é, para mim, uma prova de confiança em mim para cumprir objetivos em competições futuras.

Ficaste a um ponto da medalha de prata. Será o teu objetivo numa próxima edição?
Não descarto ter como objetivo principal alcançar uma medalha de prata numa próxima edição, mas prefiro concentrar-me em dar o melhor e isso passará naturalmente por melhorar o meu resultado.

É importante premiar o esforço académico desta forma?
Acredito que se deve premiar tanto o esforço académico como o esforço que é preciso fazer para ter sucesso nestas competições. É importante premiar o esforço necessário para ter sucesso em provas destas já que é promovida toda uma nova maneira de pensar e praticar que não é aprendida no dito “ensino normal”.

Que profissão pensas seguir e em que medida a matemática poderá ser um grande contributo para o teu futuro?Sem dúvida alguma, a matemática terá um papel fulcral no meu futuro. É inconcebível pensar em não seguir uma profissão relacionada intimamente com a matemática. Mas saber a profissão em específico que penso seguir… Esse sim é um problema que ainda não resolvi.

, , , ,