APPC debateu “Sexualidade na deficiência”

APPC - abril 2018

A APPC debateu, junto dos seus utentes, a sexualidade na deficiência / Foto: Direitos Reservados

A Comissão de Residentes da Unidade Residencial Definitiva da Associação do Porto de Paralisia Cerebral promoveu, a 23 de março, uma tertúlia subordinada ao tema da “Sexualidade na deficiência”. 

O conjunto de atividades “Às 6ªs com…” teve, no final do mês passado, novo capítulo. Desta vez, o encontro contou com a participação dos convidados António Salema, Fátima Almeida e João Melro, da Associação Território dos Afetos, sendo moderado por Inês Braga, residente da “Villa Urbana” de Valbom.

Objetivo? Discutir o tema “Sexualidade na deficiência” entre clientes, colaboradores, familiares, voluntários e parceiros da Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC).

A iniciativa procurou dar a conhecer a opinião de especialistas na área, de modo informal, contribuindo também para a autonomia e autodeterminação dos clientes da APPC, nomeadamente na sua capacidade de decidir livremente o seu projeto de vida.

Participaram cerca de trinta pessoas e são de salientar os contributos prestados por Patrícia Vitorino e Marco Aurélio, que partilharam a vivência no que diz respeito à sexualidade na sua condição.

No fim, salientou-se a complexidade e necessidade de discussão da promoção da sexualidade num contexto como o da APPC, discutindo-se abordagens e soluções para a promoção dos direitos da pessoa com deficiência.

, , , ,