APPC levou exemplo(s) a Lisboa

APPC - Congresso Nacional de Formação Profissional 2015

A Associação esteve representada em Lisboa / Foto: Direitos Reservados

A Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC) participou, no dia 31 de março, no 3.º Congresso Nacional da Formação Profissional.

A iniciativa, que visou dinamizar o setor da formação profissional, designou-se “Pensar a Formação” e assumiu como objetivo a partilha de experiências e conhecimentos dos especialistas da área da formação profissional em Portugal.

Entidades como a APPC, Universidade de Aveiro, Microsoft, Jerónimo Martins, entre outras, partilharam o palco do auditório do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE) para apresentarem os modelos de formação das suas organizações.

Os cerca de 500 congressistas foram participantes ativos na reflexão sobre as potencialidades das práticas de formação com vista à integração e renovação das competências em contexto de trabalho.

Marlene Fonseca, gestora da formação da APPC, participou como oradora no painel “Capacitação e Inclusão Social: Boas Práticas em contexto de trabalho”, apresentando o modelo “Prática em Contexto de Trabalho dos Cursos Profissionais de Formação Inicial”. As questões levantadas por Marlene Fonseca serviram de ponto de partida para a moderação de João Carlos Dias – que, após a discussão, encerrou o painel reconhecendo que “muito se tem feito, mas com toda a certeza ainda há muito para fazer”.

, , , ,