APPC Valbom “ganhou” estacionamentos e sinalética

APPC - maio 2018

A APPC passou a dispor de estacionamento e sinalética / Foto: Direitos Reservados

Não foi uma intervenção de fundo na Rua D. Francisco D’Almeida, em Valbom… Longe disso. Mas, para a Associação do Porto de Paralisia Cerebral foi, inquestionavelmente, uma importante e profunda “revolução” em termos de acessos e acessibilidades para os seus clientes.

Em poucos dias ficou resolvido um “problema” há muitos anos identificado na “Villa Urbana” de Valbom, unidade de Gondomar da Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC).

Há “pequenas” soluções que, quando implementadas, podem resolver “grandes” problemas. E foi isso que se conseguiu com um mero sinal de trânsito e umas quantas linhas amarelas pintadas no piso da Rua D. Francisco D’Almeida, em Valbom.

Traduzindo… respondendo a um anseio apresentado pela Comissão de Residentes da “Villa Urbana” de Valbom, a Câmara Municipal de Gondomar recolocou a sinalética de estacionamento reservado a duas viaturas da APPC e, mesmo defronte à instituição, sinalizou um local para cargas e descargas.

Para a APPC – que encara a promoç​​ão da acessibilidade como elemento fundamental na qualidade de vida das pessoas, sendo um meio imprescindível para o exercício dos direitos que são conferidos a qualquer membro de uma sociedade democrática – esta (dupla) decisão assinalou um momento de inegável importância.

Há já algum tempo que a Comissão de Residentes da “Villa Urbana” de Valbom, focada em contribuir decisivamente para a qualidade de vida dos clientes da instituição e facilitar a prestação de apoio aquando das entradas/saídas nos autocarros, havia proposto à Câmara Municipal de Gondomar a colocação sinalética de estacionamento e a identificação de um local para cargas e descargas. O desiderato foi recentemente concretizado, garantindo assim uma maior segurança (quer dos clientes, quer dos colaboradores da Associação do Porto de Paralisia Cerebral).

, , , ,