Associação “Vai Avante” debateu os comportamentos aditivos e dependências

Associação Vai Avante - dezembro 2018

A Associação Vai Avante organizou o 13.º Social em Debate / Foto: Pedro Santos Ferreira

A Associação “Vai Avante” organizou, no dia 13 de dezembro, mais uma edição do Social em Debate. A iniciativa mudou-se, este ano, para o auditório do Gold Park.

A 13ª edição da iniciativa O Social em Debate promoveu uma discussão informal sobre o tema “Comportamentos aditivos e dependências: um desafio para todos”.

Esta foi a primeira vez que o evento promovido pela Associação “Vai Avante” teve lugar no auditório do Gold Park, antigo Parque Tecnológico de Gondomar.

A sessão foi aberta por Fernando Duarte, presidente da entidade organizadora, Miguel Cardoso, diretor do Centro Distrital da Segurança Social do Porto, e Marco Martins, presidente da Câmara de Gondomar.

“O Social em Debate é já uma tradição desta associação, mas merece, mais uma vez, destaque pelo tema que escolheram. Esta temática é importante porque todos temos uma dependência e nem sempre as conseguimos avaliar da melhor forma. Há dependências mais graves que outras, mas elas representam, sobretudo, um processo de desagregação pessoal, familiar e comunitário. É preciso que a sociedade consiga encontrar soluções em conjunto e de forma multidisciplinar”, alertou Miguel Cardoso.

Para Marco Martins, que se confessou “viciado em trabalho”, O Social em Debate “já faz escola” no concelho, “porque debate temas da atualidade e isso reveste-se de grande importância para Gondomar”.

Após os discursos inaugurais, decorreu a mesa redonda que contou com os contributos de Manuel Pizarro, médico e vereador da Câmara do Porto, Zélia Teixeira, psicóloga na Universidade Fernando Pessoa, e Adelino Vale Ferreira, psicólogo na Divisão de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências. A conversa foi moderada por Sérgio Oliveira, jornalista e diretor da revista Dependências, perante uma assistência de dezenas de pessoas.

No fim, Fernando Duarte fez um balanço “muito positivo” do trabalho desenvolvido pela Associação “Vai Avante” no terreno, no que diz respeito ao combate aos comportamentos aditivos.

Já sobre o 13.º Social em Debate, o dirigente associativo considerou todas as intervenções “muito pertinentes, porque são proferidas por pessoas com experiência no terreno”.

Para 2019, Fernando Duarte promete um formato renovado que vai apelar a uma maior participação do público. O presidente do “Vai Avante” afirma, no entanto, que o Social em Debate “já tem tradição em Gondomar e veio para ficar”.

“Vai Avante” vai homenagear Mário Gonçalves
A Associação “Vai Avante” vai prestar homenagem aos 50 anos de associativismo do presidente da Assembleia Geral desta instituição, Mário Gonçalves. O tributo vai realizar-se no dia 18 de janeiro, na Quinta da Igreja, em Fânzeres.

, ,