Autárquicas 2013: Na CDU a campanha faz-se ao som da Carvalhesa

Por volta das 11h, pausa para “um pequeno reabastecimento” na pastelaria Gondodoce, perto da Escola Secundária de Rio Tinto. Na rua, são cada vez mais as pessoas que se dizem “fartas” da política, mas a campanha da CDU esforça-se por mudar essa ideia e sempre que podem os candidatos pedem “confiança na CDU” e um voto contra os “mesmos de sempre”. Rua acima, rua abaixo, o caminho percorrido pelos camaradas leva-os de volta ao ponto de partida. Joaquim Barbosa pergunta a Adérito Machado: “para onde vamos agora?”, ao que Adérito responde: “Largo do Mosteiro, em Rio Tinto. Fazemos o Centro Comercial e os cafés ali na zona”.

Joaquim Barbosa, campanha do candidato da CDU a Gondomar / Foto de Pedro Santos Ferreira Joaquim Barbosa, campanha do candidato da CDU a Gondomar / Foto de Pedro Santos Ferreira Joaquim Barbosa, campanha do candidato da CDU a Gondomar / Foto de Pedro Santos Ferreira Joaquim Barbosa, campanha do candidato da CDU a Gondomar / Foto de Pedro Santos Ferreira

Lá segue a caravana para o Largo, guiados pela Carvalhesa, que anuncia a chegada da CDU. Ao passar pelos cafés que preparam os habituais pratos do dia, Joaquim Barbosa confessa que a fome já aperta e “com este cheirinho é mais complicado”. Em 20 minutos a zona é percorrida e decide-se parar para almoçar, até porque para a tarde está reservada uma visita a Melres, no alto do concelho.

De tarde cumpriram-se as tradições em Melres

Às 14.15h na viagem para Melres, fala-se dos cartazes roubados e das tábuas colocadas na noite anterior, “que até ficaram bem, ali no Centro Ciclista de Gondomar”, diz o camarada Elídio. À chegada Joaquim Barbosa é recebido por José Garcês, candidato da CDU à União de Freguesias de Melres e Medas.

, , , , ,