Autárquicas 2017: Marco Martins reeleito presidente da Câmara de Gondomar

Marco Martins - outubro 2017

Marco Martins foi reeleito presidente da Câmara Municipal de Gondomar / Foto: Pedro Santos Ferreira

Marco Martins foi reeleito presidente da Câmara Municipal de Gondomar com 45,52% dos votos. Abstenção ficou nos 43,85%. Conheça os resultados por freguesia.

Câmara Municipal de Gondomar
PS
– 45,52% – 6 eleitos
Valentim Loureiro – 19,89% – 2 eleitos
CDU (PCP/PEV)
– 15,38% – 2 eleitos
PPD/PSD/CDS-PP
– 11,03% – 1 eleito
BE
– 3,56%
Brancos
– 2,25%
Nulos
– 2,35%
Abstenção
– 43,85%

Junta de Freguesia de Baguim do Monte
PS
– 45,87%
PPD/PSD/CDS-PP – 16,98%
Valentim Loureiro – 15,9%
CDU (PCP/PEV)
– 9,52%
BE
– 5,35%
Brancos
– 3,04%
Nulos
– 3,35%
Abstenção
– 43,71%

União das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova
CDU (PCP/PEV) –
35,34%
PS
– 28,99%
Valentim Loureiro – 16,79%
PPD/PSD/CDS-PP – 10,07%
BE
– 4,17%
Brancos
– 2,17%
Nulos
– 2,47%
Abstenção
– 46,25%

União das Freguesias de Foz do Sousa e Covelo
PS –
37,11%
CT – 29,08%
CDU (PCP/PEV) –
13,36%
PPD/PSD/CDS-PP – 11,97%
BE
– 3,08%
Brancos
– 2,45%
Nulos
– 2,95%
Abstenção
– 32,27%

União das Freguesias de Gondomar (São Cosme), Valbom e Jovim
PS –
32,72%
PPD/PSD/CDS-PP – 25,95%
Valentim Loureiro –
19,66%
CDU (PCP/PEV) –
11,18%
BE
– 4,8%
Brancos
– 2,73%
Nulos
– 2,96%
Abstenção
– 41,92%

Junta de Freguesia da Lomba
PS –
73,62%
PPD/PSD/CDS-PP – 21,28%
CDU (PCP/PEV) –
2,06%
Brancos
– 1,3%
Nulos
– 1,74%
Abstenção
– 32,68%

União das Freguesias de Melres e Medas
PS –
32,5%
CDU (PCP/PEV) – 21%
PPD/PSD/CDS-PP – 18,26%
Valentim Loureiro –
17,76%
BE
– 5,05%
Brancos
– 2,4%
Nulos
– 3,04%
Abstenção
– 28,53%

Junta de Freguesia de Rio Tinto
PS –
57,6%
PPD/PSD/CDS-PP – 13,21%
Valentim Loureiro – 10,18%
CDU (PCP/PEV) – 8,68%
BE
– 5,35%
Brancos
– 2,89%
Nulos
– 2,09%
Abstenção
– 47,64%

, , , , , , , , , , ,
Um comentário em “Autárquicas 2017: Marco Martins reeleito presidente da Câmara de Gondomar
  1. De Gondomar-Vida dificil para algumas freguesias, dependentes dos “comprados” do Valentim. No “meu Atentejo” não houve mudança, só porque o PS não viu, foi buscar uma vira latas, que já algum dia tinha-lhe aturado um sermão sobre o Passos, trazendo na “saca” o desastre antepassado do Pai. Assim se vê a “sabedoria” do Povo!

Comments are closed.