Autárquicas 2017: Tribunal de Gondomar recebeu cinco candidaturas

Tribunal de Gondomar

As listas de candidos foram entregues no Tribunal da Comarca de Gondomar / Foto: Direitos Reservados

Semana agitada no Tribunal da Comarca de Gondomar. As cinco candidaturas às próximas eleições autárquicas entregaram esta semana as suas listas às Câmara, Assembleia Municipal e Juntas de Freguesia. O Vivacidade faz o resumo das declarações dos candidatos ao Município.

Entrega de Listas PSD

Rafael Amorim será o candidato da coligação PSD/CDS-PP / Foto: Direitos Reservados

Rafael Amorim quer combater “taxa de desemprego altíssima”

Rafael Amorim, da coligação PSD/CDS-PP, foi o primeiro candidato à Câmara Municipal de Gondomar a entregar as listas de concorrentes às Autárquicas 2017 no Tribunal de Gondomar. Em declarações à imprensa, o social-democrata mostrou-se convicto de que vai “ganhar” as eleições no dia 1 de outubro.

“O nosso projeto conta com todos os gondomarenses, é um projeto inclusivo. Nós vamos ganhar em outubro e vamos ganhar pelas nossas propostas sérias e credíveis, sendo que centenas delas me foram feitas chegar pelos gondomarenses”, disse Rafael Amorim.

No que diz respeito a propostas para o concelho, o candidato reforçou a necessidade de “colocar os regulamentos de apoio ao associativismo do lado das associações”. “Vamos devolver-lhes os regulamentos e perguntar-lhes o que está mal nestes apoios e como é que os podemos melhorar”, explicou.

“Gondomar tem uma taxa de desemprego altíssima e que temos de combater com medidas que promovam o empreendedorismo, não só em termos económicos como no social”, disse citando como exemplo, o papel das Instituições Particulares de Solidariedade Social “que, nos últimos anos, têm contribuído para o aumento do emprego em Gondomar”, disse ainda Rafael Amorim.

, , ,