Beatriz Pinheiro recebe bolsa da Federação Portuguesa de Futebol

Beatriz Pinheiro - junho 2019

A aluna foi premiada com uma bolsa de mérito da Federação Portuguesa de Futebol / Foto: Pedro Santos Ferreira

A aluna Beatriz Pinheiro, da Escola Secundária de São Pedro da Cova, foi premiada com a atribuição de uma das 23 bolsas de estudo, que poderá prolongar-se até à frequência do 12.º ano.

A apetência para o desporto da aluna Beatriz Alexandra das Neves Pinheiro, da turma TAGD1, da Escola Secundária de São Pedro da Cova, saiu recompensada com a atribuição, por parte da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), de uma bolsa de estudo que visa a promoção do mérito académico, a promoção da participação desportiva e a participação em projetos no âmbito da Cidadania e Desenvolvimento ou outros projetos tanto em contexto escolar como extraescolar.

No currículo, Beatriz apresenta a prática de patinagem artística, como atleta federada, dança contemporânea, futsal, natação e taekwondo, bem como a participação em vários projetos de Cidadania e Desenvolvimento relacionados com desporto em contexto escolar, tendo sido a única selecionada do distrito do Porto.

“Foi o meu gosto pelo desporto que me levou a candidatar-me a esta bolsa. Apresentei o meu currículo, os desportos que pratico e as atividades sociais que já realizei. Sou atleta federada de patinagem e como aluna deste curso também faço muitas atividades de voluntariado, nomeadamente na Corrida São Silvestre, torneio de futsal, dia europeu do desporto escolar, caminhadas, entre outras iniciativas. Também pratico taekwondo, natação, dança e badminton no desporto escolar”, afirma Beatriz Pinheiro, em declarações ao nosso jornal.

Por sua vez, Ana Rangel, diretora da Escola Secundária de São Pedro da Cova, admite que o tipo de apoio “ainda é desconhecido”, mas sabe-se que durará os três anos do ensino secundário.

Já a mãe, Pompeia Pinheiro, mostra-se orgulhosa pelo mérito da filha e recorda o projeto ambicioso de Beatriz: a criação de um clube local de patinagem artística “para quem não tem oportunidade e capacidade financeira para praticar esta modalidade”.

“Acredito que pode haver um apoio e uma ajuda para apoiar esta ideia. A Beatriz é um orgulho imenso. É uma lutadora que nunca baixa os braços. Eu sem medo nenhum resolvi logo inscrevê-la e acreditei que seria selecionada. E foi. É um orgulho”, afiança Pompeia Pinheiro.

A acompanhar o processo, Pedro Miguel Vieira, presidente da União das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova, considerou “reconhecimento e orgulho” as palavras certas para a atribuição desta bolsa de mérito.

A atribuição da bolsa levou os 23 selecionados a ser homenageados pela FPF e a assistir ao jogo Portugal – Sérvia, no dia 25 de março, onde estiveram presentes os elementos do júri, bem como os representantes dos parceiros da FPF neste projeto, nomeadamente o ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues.

, , , ,