Cais da Lixa terá mais quatro ancoradouros em 2018

Cais da Lixa - julho 2017

Momento da assinatura do protocolo que ampliará o Cais da Lixa / Foto: Pedro Santos Ferreira

A Câmara Municipal de Gondomar e a Administração dos Portos do Douro e Leixões assinaram, no dia 27 de junho, um protocolo que prevê a implementação de quatro novos postos de acostagem no Cais da Lixa, em Covelo.

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) e a Câmara de Gondomar acordaram, no final do mês passado, um investimento na ordem dos 2,5 milhões de euros que prevê a construção de mais quatro ancoradouros e uma nova ciclovia no verão do próximo ano.

O projeto irá servir, sobretudo, navios-hóteis e permitirá reforçar a capacidade de acolhimento de cruzeiros de maior dimensão e de maior duração no rio Douro. O protocolo foi assinado no Cais da Lixa e contou com as presenças de Marco Martins, presidente da Câmara Municipal de Gondomar, Brogueira Dias, presidente do Conselho de Administração da APDL, e Ana Paula Vitorino, ministra do Mar.

“Este protocolo é a materialização de três anos de trabalho árduo. Estamos aqui para dar resposta a uma necessidade do turismo e do país. Acreditamos que este cais será um ponto de atração turística e de futuro para a economia local, após uma requalificação há muito reclamada”, afirmou o edil gondomarense.

Por sua vez, Brogueira Dias assegurou que a APDL ficará responsável por criar as infraestruturas de apoio aos navios, bem como “as condições necessárias para fixar as embarcações no cais”.

“Com esta intervenção passará a ser possível ter aqui 10 embarcações em simultâneo. Em 2018, vamos ter o cais que desejamos, que será um fator de desenvolvimento para Gondomar e que será fulcral para uma nova vida no Douro”, disse o responsável da APDL.

O acordo entre as duas partes recebeu ainda a “bênção” da ministra do Mar, que se mostrou satisfeita com o trabalho desenvolvido. A governante destacou a “importância do rio Douro para o país”. “Ao criarmos esta estrutura, estamos a acrescentar oportunidades a este local e consequentemente, a nível nacional, acrescentamos valor em emprego e oportunidades. Esta será mais uma possibilidade de Gondomar demonstrar a sua capacidade”, referiu Ana Paula Vitorino.

A intervenção prevê também a criação de uma zona de estacionamento e via pedonal, além de uma rotunda para ordenar o acesso dos autocarros turísticos.

A cerimónia encerrou com a atuação de um grupo de dança da Associação “10 de Junho”.

, , , ,