Câmara quer recuperar o Cavalete de São Pedro da Cova

Cavalete - fevereiro 2018

O Cavalete do Poço de São Vicente, em São Pedro da Cova, será requalificação / Foto: Arquivo Vivacidade

A Câmara Municipal de Gondomar anunciou, a 7 de fevereiro, que “está a ser efetuado um diagnóstico da condição estrutural” do Cavalete para “apurar o grau de degradação da construção”.

O Instituto da Construção da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP) está a realizar um estudo ao Cavalete do Poço de São Vicente, em São Pedro da Cova. Os trabalhos visam descobrir soluções para recuperar os índices de segurança e durabilidade da estrutura.

De acordo com Marco Martins, presidente da Câmara de Gondomar, a autarquia está a desenvolver esforços para “adquirir a totalidade dos terrenos respeitantes ao complexo mineiro” com o objetivo de criar “um espaço museológico com centro interpretativo, uma verdadeira entrada para o Parque das Serras do Porto, nas vertentes ambiental e turística”.

Em causa, está o Cavalete, uma estrutura que laborou ao longo de 170 anos, sendo que nos anos 30 e 40 cerca de 65% da produção nacional de carvão saiu de São Pedro da Cova. O espaço está classificado, desde 2010, como Monumento de Interesse Público, mas tem vindo a degradar-se ano após ano.

Em 2016, em hasta pública, a Câmara de Gondomar adquiriu sete edifícios do Complexo Mineiro que até então estavam na posse de uma empresa privada. A limpeza do espaço e a sua requalificação histórica, cultural e ambiental tem sido uma das grandes lutas da população local.

“O objetivo da Câmara de Gondomar é o de conseguir fazer daquele espaço um polo cultural baseado no património industrial inerente ao complexo mineiro de São Pedro da Cova e à história do mesmo, ao que deve estar ligada a faceta ambiental e de relação com a natureza”, afirma Luís Filipe Araújo, vereador responsável pelo Urbanismo do Município de Gondomar.

Ao Vivacidade, o autarca não avançou o custo total dos terrenos, “dado que a autarquia ainda se encontra em fase de negociações com os proprietários”.

O vice-presidente da Câmara de Gondomar aponta ainda a necessidade de “terminar o diagnóstico que agora se inicia e dar cumprimento às respostas que resultarem do estudo”.

Junta de São Pedro da Cova valoriza iniciativa do Município
Pedro Miguel Vieira, presidente da União das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova, vê com bons olhos a intenção da Câmara de Gondomar em recuperar o Cavalete de São Pedro da Cova e os terrenos adjacentes.

“Estamos atentos e valorizamos esta iniciativa da Câmara. Queremos ser parte ativa e interessada na resolução deste problema e no apoio à recuperação do complexo mineiro de São Pedro da Cova”, afirmou o autarca.

, , , ,