Câmara vai concluir saneamento na encosta da Belavista

Belavista - fevereiro 2018

A encosta da Belavista passará a dispor de um sistema de saneamento encerrado / Foto: Direitos Reservados

A Câmara Municipal de Gondomar aprovou, no dia 2 de fevereiro, a abertura do concurso público para concluir o sistema de saneamento na encosta da Belavista, em São Pedro da Cova. Prevê-se um investimento superior a 2,5 milhões de euros.

O Município de Gondomar vai assumir o “fecho do sistema de águas residuais do rio Ferreira – subsistema da encosta da Belavista”, numa intervenção estimada em mais de 2,5 milhões de euros, que acrescenta também a repavimentação de toda a zona entre a Estrada D. Miguel e Silveirinhos, em São Pedro da Cova.

A proposta foi aprovada com um voto contra do vereador do PSD e aponta beneficiar mais de meio milhar de habitações, ao mesmo tempo que resolve o maior problema de insalubridade do concelho.

A empreitada inclui a instalação da rede de águas pluviais e novo piso numa extensão de 6,3 quilómetros, num prazo de execução de oito meses. No entanto, serão os moradores a assumir obras nos imóveis para adaptarem as fossas até aqui existentes à nova rede de saneamento.

Movimento Independente e CDU aprovam medida, PSD reprova
Os vereadores do Movimento Independente “Valentim Loureiro” e da CDU votaram favoravelmente a proposta. No entendimento dos comunistas, a medida “é essencial e urgente neste lugar de São Pedro da Cova, nomeadamente ao nível da rede de águas pluviais, pavimento, acessos e rede de águas residuais”. Contudo, a CDU refere que a intervenção “da competência das Águas de Gondomar, há muito devia estar concretizada” e que é fundamental que o Município passe a dispor de “condições favoráveis para a defesa dos gondomarenses em atuais e futuras negociações” com a empresa.

Por sua vez, em nota enviada à imprensa, Rafael Amorim, vereador da coligação PSD/CDS-PP, explica que votou contra porque a documentação da proposta “não foi remetida em tempo útil para ser avaliada” e “o critério de escolha foi o preço mais baixo, quando a lei permite à Câmara escolher a melhor relação qualidade/preço”.

Ao Vivacidade, Pedro Miguel Vieira, presidente da União das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova, vê a iniciativa municipal com bons olhos. “É uma zona que está há 30 anos à espera de saneamento. Naturalmente, valorizamos o investimento que o Município vai fazer na Belavista, mas esperamos que os encargos financeiros não sejam imputados à população, que é muito carenciada”.

, , , ,