Candidaturas abertas para as Hortas de Subsistência

Hortas / Direitos Reservados

Hortas / Direitos Reservados

Encontram-se abertas as candidaturas para a atribuição de talhões na Horta de Subsistência da União das Freguesias de Gondomar (S. Cosme), Valbom e Jovim. Inscrições decorrem até 30 de janeiro.

A União das Freguesias de Gondomar (S. Cosme), Valbom e Jovim deu continuidade ao projeto ‘Horta de Subsistência’ [surgiu no anterior mandato] com a abertura de candidaturas para a atribuição de talhões à população. O projeto é destinado aos residentes no território; agregados familiares economicamente carenciados, com rendimento per capita mensal inferior ao valor da pensão social; beneficiários do rendimento social de inserção; desempregados e população em geral;

“A criação de uma Horta de Subsistência em Gondomar (S. Cosme), deve-se essencialmente ao facto de muitas pessoas terem solicitado um espaço destes numa zona Urbana e também de ter sido uma das apostas no âmbito do projeto de sustentabilidade e de responsabilidade social que a União das Freguesias tem levado a cabo”, explica José António Macedo, presidente da União das Freguesias.

O projeto resulta de uma parceria com a Lipor, no âmbito do ‘Horta à Porta’ e já conta com “uma série de candidatos pré-inscritos”, segundo o autarca.

A criação da ‘Horta de Subsistência’ integra uma estratégia da União de Freguesias para a promoção da qualidade de vida das populações. De acordo com José António Macedo, o projeto pretende ser “mais uma forma de intervir em termos sociais, que permitirá a famílias mais desfavorecidas terem uma ajuda extra para compor o seu orçamento familiar”.

A ‘Horta de Subsistência’ localiza-se na Rua do Casal, em Gondomar (S. Cosme). Os talhões a atribuir poderão ter o mínimo de 25 m2 de terreno cultivável. Poderão ser disponibilizados mais do que um talhão por agregado familiar até o máximo de 100 m2. O prazo das inscrições termina a 30 de janeiro.

, ,