Carlos Monteiro é o novo presidente da FAPAG

FAPAG - março 2019

Carlos Monteiro vai liderar a direção da FAPAG neste mandato / Foto: Pedro Santos Ferreira

A Federação das Associações de Pais do Concelho de Gondomar (FAPAG) tem, desde o dia 12 de março, uma nova direção encabeçada por Carlos Monteiro, sucessor de Jorge Ascenção no cargo. A tomada de posse realizou-se na Casa Branca de Gramido.

A FAPAG entrou, este mês, numa nova fase, após a tomada de posse de uma direção renovada e representativa de todo o concelho de Gondomar. A principal mudança deu-se, contudo, na presidência desta federação de pais, que passará a ser presidida por Carlos Monteiro, após 19 anos de liderança de Jorge Ascenção.

“Foram, de facto, 19 bons anos. Uma vida inteira dedicada à causa da Educação e pela participação parental na vida dos nossos filhos e adolescentes. Foi um desafio enriquecedor do exercício de cidadania. Podia continuar mais um mandato, mas percebi que este era o momento certo para sair, deixando a continuidade com estratégia e futuro. Chegou o tempo de outros continuarem este caminho em prol do melhor interesse de todos os jovens e crianças de Gondomar”, disse o ex-presidente da direção da FAPAG, Jorge Ascenção, no primeiro discurso da noite, após recordar o trabalho desenvolvido ao longo de duas décadas.

Seguiu-se a intervenção da vereadora da Educação da Câmara Municipal de Gondomar, Aurora Vieira, que assinalou um percurso político de 25 anos, tantos como o histórico de atividade da FAPAG.

“O dia é de festa. Somos todos membros da comunidade educativa de Gondomar e esperamos que essa honra se traduza no dia a dia”, salientou a autarca.

Por último, Carlos Monteiro, novo presidente desta federação de pais, prometeu ao público presente um “esforço para que as associações de pais de Gondomar elevem, ainda mais, esta federação”.

“A responsabilidade é grande e continuando assim os resultados permanecerão à vista. Somos uma federação de referência a nível nacional a todos os níveis. Assim, desafio os nossos parceiros a colaborarem efetivamente nesse objetivo. É necessário que todos sejam definitivamente autênticos, dizendo o que pensam e executando o que dizem”, afirmou o líder recém-empossado da FAPAG.

A primeira promessa de Carlos Monteiro foi no sentido de reunir, nos próximos meses, com todos os agentes educativos das escolas de Gondomar.

, ,