Casa do Vinhal expõe “Mostra de Arte Popular Portuguesa de Ana a Zé”

Mostra Casa do Vinhal - julho 2017

A mostra ficará patente até 3 de setembro / Foto: Pedro Santos Ferreira

A Casa do Vinhal – Associação Cultural tem patente uma mostra de arte popular portuguesa intitulada “De Ana a Zé”. A exposição permanecerá em vigor até 3 de setembro.

No dia 2 de julho foi inaugurada a “Mostra de Arte Popular de Ana a Zé”, exposição organizada pela Casa do Vinhal – Associação Cultural e a galeria Cruzes Canhoto. A mostra está patente nas instalações da associação gondomarense – na Rua da Liberdade, junto à Rua do Vinhal – e pode ser visitada aos domingos, das 15h às 18h.

A exposição junta diversos tipos de obras tradicionais portuguesas desde o figurado de Barcelos à loiça de Estremoz, das máscaras de Trás-os-Montes ao barro negro de Bisalhães.

“Esta exposição surge no âmbito do nosso projeto que é fundamentado na procura da tradição da arte portuguesa. É um projeto de âmbito nacional e esta é a nossa [Casa do Vinhal] terceira exposição”, afirma Maria Restivo, curadora da Casa do Vinhal.

O projeto “Arte Popular de Ana a Zé” dedica-se à pesquisa, à documentação e à divulgação das artes populares portuguesas e procura resgatá-las da marginalidade.

“Queremos contribuir para a oferta cultural em Gondomar”
Fundada em 9 de dezembro de 2015, a Casa do Vinhal – Associação Cultural resulta de uma ideia de um grupo de amigos com ligações às áreas das artes e das ciências sociais e humanas. A coletividade procura criar e desenvolver projetos artísticos e culturais, tendo a sua sede numa casa de lavoura situada em Gondomar.

“Ainda somos uma organização recente e pequena, mas já temos um conjunto de pessoas que nos visitam regularmente e este tem sido um ano com mais iniciativas. Queremos contribuir para a oferta cultural em Gondomar”, refere Maria Restivo.

Refira-se que a Casa do Vinhal desenvolve atividades em quatro áreas centrais: projetos culturais, exposições, residências artísticas, aulas e ateliês.

, , , ,