CDU aponta falhas ao Parque Urbano de Rio Tinto

CDU no Parque Urbano Rio Tinto - setembro 2017

A CDU apresentou propostas para Rio Tinto / Foto: Direitos Reservados

Os candidatos da CDU à Câmara Municipal de Gondomar e Junta de Freguesia de Rio Tinto visitaram, no dia 7 de setembro, o Parque Urbano de Rio Tinto e defenderam um projeto alternativo ao do atual executivo municipal.

Daniel Vieira, candidato da CDU à presidência do Município de Gondomar, e Marta Macedo, candidata da CDU à Junta de Rio Tinto, uniram-se para visitar o Parque Urbano de Rio Tinto, projeto que a candidatura considera “fundamental para a cidade e o concelho”.

Contudo, os comunistas têm outra visão para o território riotintense e defendem que o espaço “muito cobiçado pelos interesses mobiliários” foi ao longo dos anos “sendo descaraterizado”, através do entubamento do rio e da ausência de uma estratégia de valorização do recurso hídrico, das suas margens e do património histórico.

“A concretização do Parque Urbano que está já a avançar, não só não acautela no seu projeto muitas das exigências da população da cidade como se verificam ainda erros graves na sua implementação”, aponta a CDU em comunicado.

A candidatura aponta ainda o entubamento de parte da Ribeira da Castanheira, a destruição de toda a vegetação, a ausência de salvaguarda do património histórico, a alteração do processo de revisão do Plano Diretor Municipal e a falta de resposta do projeto do Parque Urbano para análise desde o dia 16 de maio deste ano como falhas do atual executivo socialista.

Desta forma, Daniel Vieira assumiu o compromisso de “tudo fazer para ampliar o Parque Urbano, tornando-o num verdadeiro projeto de dimensão municipal e regional”, a par da “valorização do rio Tinto”.

, , , ,