Centro Comunitário “Espaço de Crescer” produziu filme intitulado “O Tesouro Perdido”

Quinze crianças entraram no mundo da representação por um dia / Foto: Pedro Santos Ferreira

Quinze crianças do Centro Comunitário “Espaço de Crescer” foram atores por um dia e realizaram um filme, intitulado “O Tesouro Perdido”, inspirado na história de um videojogo. A longa-metragem estreou no dia 20 de outubro, no Auditório Municipal de Gondomar.

“Quando o tesouro mais famoso do mundo volta a ser procurado, Nathan Drake parte numa busca pelo tesouro a fim de salvar a vida do seu irmão. Uma busca que se torna uma corrida contra o tempo e contra um grupo de mercenários”. Esta é a premissa do filme “O Tesouro Perdido”, realizado pelo Centro Comunitário “Espaço de Crescer”, instalada na Urbanização Dr. Durão Barroso, em São Pedro da Cova, uma das valências da Associação “Vai Avante”. No total, participaram 15 das 30 crianças que ali passam os seus tempos livres.

A proposta foi sugerida por Cosme Oliveira, técnico do “Espaço de Crescer”, e ganhou dimensão no âmbito da candidatura ao Programa Geração Z, promovido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude. “A ideia inicial foi realizar um musical, mas tínhamos pouco tempo para acabar o filme e preferimos realizar um filme de ação, estilo Indiana Jones, tendo como base o videojogo ‘Uncharted 4′”, explica o mentor do projeto.

Escolhido o guião, dividiram-se as personagens e deu-se início à rodagem do filme, no mês de agosto, primeiro no Centro Comunitário e depois no exterior, com passagens pelo Cavalete do Poço de S. Vicente e complexo desportivo de São Pedro da Cova, o passadiço de Gramido, entre outros locais emblemáticos de Gondomar. A edição final foi concluída no mês passado.

“O nosso objetivo foi provar que conseguimos fazer este filme, tal como os adultos conseguem. O nosso empenho e o trabalho do grupo foi muito importante para o resultado final e também tivemos um bom realizador [Cosme Oliveira]”, afirma Bruna Carvalho, 10 anos. Para Luna Alves, 11 anos, “a experiência foi importante para o futuro” e “motivou todos para alcançar o mesmo objetivo”.

Por sua vez, Patrícia Santos, técnica do “Vai Avante”, reconhece o “trabalho meritório” das crianças do Centro Comunitário “Espaço de Crescer”. “Foi uma ideia de grande valor porque estimulou as competências destes meninos, trouxe-lhes novas capacidades e melhorou a coesão deste grupo. Acredito que no futuro eles vão tirar proveito desta iniciativa diferenciadora e inédita”, refere, em entrevista ao nosso jornal.

“O Tesouro Perdido”, com a duração de 60 minutos, estreou no dia 20 de outubro, no Auditório Municipal de Gondomar. O espaço ficou lotado por familiares e amigos dos jovens atores.

, , , ,