Centro Cultural de Rio Tinto acolhe Casa do Voluntariado

Casa do Voluntariado - fevereiro 2017

A Casa do Voluntariado vai ficar no Centro Cultural de Rio Tinto / Foto: Pedro Santos Ferreira

A Câmara Municipal de Gondomar vai criar a Casa do Voluntariado, no Centro Cultural de Rio Tinto. O espaço será inaugurado no dia 4 de março e visa divulgar a ação do Banco Local de Voluntariado.

Está prestes a ser fundada a Casa do Voluntariado de Gondomar. O espaço, que ficará sediado no Centro Cultural de Rio Tinto, vai dar forma ao Banco Local de Voluntariado (BLV) de Gondomar e funcionará em paralelo com o projeto Pista Mágica – Escola de Voluntariado e o Geoclube – Associação Juvenil. A inauguração do espaço está prevista para o início do próximo mês.

O Banco Local de Voluntariado (BLV) de Gondomar, fundado em 2005, sofreu, em novembro de 2016, a 1ª alteração de regulamento. A medida implementada pelo executivo do Município procurou “introduzir alterações que vão de encontro às necessidades da estrutura”, segundo Cláudia Vieira, do Gabinete de Apoio à Presidência da Câmara Municipal de Gondomar.

“O BLV estava pouco dinamizado. Queremos, por exemplo, que as empresas saibam que podem dinamizar ações de voluntariado dentro dos seus recursos humanos”, afirma a Adjunta para o Desenvolvimento Social do Município de Gondomar.

O BLV de Gondomar tem, atualmente, 314 inscritos, tendo a Cidade Europeia do Desporto (CED) impulsionado um acréscimo de 203 pessoas, que se inscreveram para colaborar nas iniciativas da CED.

“A maior faixa de voluntários estão entre os 16 e os 25 anos. O próximo desafio é repensar a capacidade de atrair o voluntário sénior”, conclui Cláudia Vieira.

Única escola de voluntariado do país tem sede em Rio Tinto
A Pista Mágica – Escola de Voluntariado está, desde outubro do ano passado, sediada no Centro Cultural de Rio Tinto. O projeto tem a missão de “educar para o exercício de um voluntariado que resolve os problemas das pessoas vulneráveis”.

“Queremos criar uma geração de voluntariado e começamos esse trabalho desde os três anos de idade. O nosso objetivo é quebrar preconceitos e equívocos relacionados com o voluntariado”, afirma Sónia Fernandes, mentora da Pista Mágica.

A fundadora da Escola de Voluntariado considera “ótima” a mudança do projeto para Gondomar – estava sediado em São Mamede de Infesta –, “sobretudo, em ano de Cidade Europeia do Desporto”.

O projeto inovador na área social procura capacitar as organizações e os voluntários através da formação. Os workshops da Pista Mágica irão decorrer no Centro Cultural de Rio Tinto e são abertos à comunidade.

, , , ,