Centro Cultural de Rio Tinto passa a designar-se Condomínio das Artes

Espaço vai ter nova dinâmica e servirá de sede a diferentes projetos culturais

Centro Cultural de Rio Tinto / Foto: Ricardo Vieira Caldas

Centro Cultural de Rio Tinto / Foto: Ricardo Vieira Caldas

O Centro Cultural de Rio Tinto Amália Rodrigues reabriu ao público em novembro de 2014, após vários anos de inatividade, e nos últimos meses o espaço contou com iniciativas organizadas pela Câmara de Gondomar. No horizonte da autarquia está agora uma mudança de nome, conceito e dinâmica do edifício que vai passar a designar-se, Condomínio das Artes.

“Enquanto equipamento o Centro Cultural de Rio Tinto vai continuar a existir, mas a ideia é aproveitar parte do equipamento para construir o Condomínio das Artes, um espaço que vai agregar diferentes projetos culturais que possam apresentar uma oferta com qualidade ao Município”, começa por explicar Luís Filipe Araújo, vice-presidente e vereador da Cultura da Câmara de Gondomar.

O autarca lidera o projeto de “reconversão” do equipamento que vai passar a servir de sede a projetos “com provas dadas e futuro garantido e projetado”.

À mudança de nome – passa a designar-se Condomínio das Artes – está também associada uma alteração da dinâmica e conceito do espaço, que vai servir de “incubadora” de projetos culturais.

, , , ,