Cerca de 1500 pessoas assistiram ao Encontro Internacional de Marionetas

Foto: Ricardo Vieira caldas

Foto: Ricardo Vieira caldas

A 1ª edição do EI!!! – Encontro Internacional de Marionetas juntou cerca de 1500 pessoas entre os dias 4 a 7 de junho, em vários pontos do concelho. Ao Vivacidade a organização faz um balanço “muito positivo” e promete regressar no próximo ano.

O espetáculo “Foral de Gondomar”, apresentado pelo Projeto Educativo do Agrupamento de Escolas de Valbom, a 4 de junho, perante uma Sala D’Ouro do Multiusos de Gondomar lotada, foi o ponto de partida para o certame internacional de marionetas que percorreu o concelho até 7 de junho.

Na inauguração, Luís Filipe Araújo, vice-presidente e vereador da Cultura do Município, destacou o “momento de cultura ao mais alto nível” dos espetáculos agendados para a 1ª edição do EI – Encontro Internacional de Marionetas. “O teatro de marionetas encontra-se a meio caminho entre o real e o sonho e a nossa expectativa é que possamos sonhar”, disse o autarca no discurso inaugural.

Seguiram-se três dias recheados de espetáculos para bebés, crianças, jovens e adultos, que despertaram a curiosidade de milhares de pessoas.

“Tivemos uma excelente adesão do público nos espetáculos de rua e de sala. As companhias que nos visitaram saíram de Gondomar com uma imagem muito positiva deste primeiro Encontro de Marionetas”, realça Clara Ribeiro, porta-voz do Teatro e Marionetas de Mandrágora, associação organizadora do evento em parceria com a Câmara de Gondomar.

Quanto ao futuro, a representante das Marionetas de Mandrágora reforça a aposta no “crescimento e diversificação” do número de convidados e a necessidade de “trazer companhias distintas com propostas diferentes”.

No horizonte está já a próxima edição do EI!!!. Ao Vivacidade, Clara Ribeiro aponta a divulgação do evento como um dos aspetos a corrigir no próximo ano de forma a “cativar o público dos concelhos envolventes do Grande Porto”.

A 1ª edição do Encontro Internacional de Marionetas contou com um investimento superior a 6000 euros por parte do Município gondomarense.

, , ,