Ciclovias geram discussão no comércio local

Ciclovias em Gondomar / Foto: Pedro Santos Ferreira

Ciclovias em Gondomar / Foto: Pedro Santos Ferreira

A criação dos 35 quilómetros de ciclovias pela Câmara Municipal de Gondomar para o concelho está a gerar descontentamento em alguns comerciantes do centro de S. Cosme. Os lojistas reclamam mais estacionamento e não compreendem a medida, o município já reuniu com os comerciantes e refere “que está tudo legal”.

“A ciclovia veio piorar o estacionamento nesta zona. Agora só temos estacionamento pago e é muito caro para nós que trabalhamos aqui e temos que estar o dia todo a pôr moedas. Ainda não vi nenhum ciclista a utilizar esta ciclovia”, reclama Verónica Campos, responsável pela loja Probell, na avenida 25 de Abril.

Como Verónica, mais comerciantes da mesma avenida reclamam a mesma situação.

“Aqui não se justificam as ciclovias porque precisamos de estacionamento para os clientes visitarem as nossas lojas. Se tivéssemos uma alternativa de estacionamento não seria problemático, mas não é o caso. Nem sequer passam aqui bicicletas. Notamos que há clientes que deixaram de aparecer porque se viram privadas de poder estacionar aqui”, refere Paula Silva, da Boutique Francisco’s.

Frederico Abreu, responsável pela Gomomania, confirma já se ter reunido com outros comerciantes e com o presidente da Câmara, Marco Martins, para discutir o assunto.

No total são 35 quilómetros de ciclovia em Gondomar / Foto: Pedro Santos Ferreira

No total são 35 quilómetros de ciclovia em Gondomar / Foto: Pedro Santos Ferreira

“Já fizemos uma reunião com a CMG para arranjarmos uma alternativa, mas disseram-nos que já não ia ser possível estacionar aqui, independentemente da ciclovia. Isto prejudica o negócio local porque retira-nos estacionamento. Se não tivermos uma alternativa de estacionamento vai ser muito complicado para nós. A ciclovia pode estar aqui desde que haja uma alternativa de estacionamento”, indica Francisco Abreu.

“As ciclovias fazem parte de um compromisso eleitoral que está a ser cumprido”, confirmou fonte da Câmara Municipal ao Vivacidade e o percurso “ainda não está concluído”. A mesma fonte garante que “Marco Martins já se reuniu com os comerciantes e que os ajudará os comerciantes em tudo o que puder desde que não comprometa a autarquia em mais um processo judicial com a concessionária do estacionamento”. Para colmatar a falta de estacionamento, na Avenida Oliveira Martins, revelou ainda a fonte, “foram criadas duas faixas de estacionamento não pago, algo que não existia antes”.

“Há pouca ou nenhuma sinalização vertical adequada às ciclovias”

O Vivacidade foi ouvir um profissional, especialista no código da estrada que confirmou algumas “falhas” na sinalização.

Na foto: Filipe Rocha, da Escola de Condução de Rio Tinto / Foto: Ricardo Vieira Caldas

Na foto: Filipe Rocha, da Escola de Condução de Rio Tinto / Foto: Ricardo Vieira Caldas

“É de louvar esta iniciativa da Câmara Municipal de Gondomar que atribuiu algumas benesses aos ciclistas. O projeto ainda não está concluído, mas existem algumas falhas de sinalização e de passagens para ciclistas. Há pouca ou nenhuma sinalização vertical adequada e deveriam haver mais locais para estacionar as bicicletas”, explica Filipe Rocha, da Escola de Condução de Rio Tinto. O instrutor acrescenta que “há várias sinalizações para indicar início ou fim de ciclovias e há uma sinalização própria que indica a saída de ciclistas. Muitas vezes não se verifica essa sinalização a avisar os condutores, em Gondomar. Em Valbom, por exemplo, a sinalização está mal feita porque temos indicações de ciclovias muito dispersas e afastadas”.

Contudo, Filipe Rocha acredita que existem condições para a criação de ciclovias em Gondomar. “Gondomar tem essas condições, mas deviam estar melhor sinalizadas. A estrada nacional junto ao rio, na marginal, é um local pouco adequado para criar uma ciclovia”, afirma. “A iluminação das ciclovias também é uma preocupação assim como a sua largura que não cumpre a dimensão mínima exigida e devia acompanhar este projeto. Na Avenida da Conduta a sinalização está muito bem feita e esse exemplo devia ter sido seguido na zona do Hospital Escola de Gondomar porque os passeios também são muito largos”, acrescenta por fim o profissional.

No centro de Gondomar os condutores estacionam por cima das ciclovias / Foto: Ricardo Vieira Caldas

No centro de Gondomar os condutores estacionam por cima das ciclovias / Foto: Ricardo Vieira Caldas

, , ,