Concurso Internacional de Música realiza-se de 24 a 28 de março

Concurso Internacional de Música - março 2018

A 1ª edição do concurso vai dividir-se entre o Auditório Municipal e o Multiusos de Gondomar / Foto: Arquivo Vivacidade

Os 72 inscritos do 1.º Concurso Internacional de Música estão prestes a chegar a Gondomar. A iniciativa terá lugar entre os dias 24 e 28 de março e vai dividir-se entre o Auditório Municipal e o Multiusos de Gondomar.

A música de percussão vai estar em destaque nos próximos dias. Em Gondomar (São Cosme), não faltarão concertos dedicados a este conjunto de instrumentos cujo som é produzido com batimentos.

Assim, entre 24 e 28 de março, 72 músicos vão atuar no Auditório Municipal e no Pavilhão Multiusos no âmbito do 1.º Concurso Internacional de Música, organizado pela Banda Musical de Gondomar e Município de Gondomar.

“O número de inscritos angariado torna este concurso no mais participado a nível nacional. Por isso, as expectativas estão altas e a responsabilidade é muito grande, mas estamos a trabalhar para que tudo corra pelo melhor”, afirma Filipe Fernandes, mentor do concurso.

Ao nosso jornal, o professor de música destaca o workshop “Do lixo se faz música” (24 de março), a cerimónia de abertura e concerto Pulsat Percution Group (24 de março), o concerto com os elementos do júri (26 de março) e a cerimónia de encerramento (28 de março), a par das várias eliminatórias do concurso.

“Esta é mais uma iniciativa que veio para ficar e que certamente irá contribuir para projetar o nosso concelho a nível cultural e musical”, acrescenta Filipe Fernandes.

O evento contará ainda com um júri de renome, composto pelos músicos André Dias, Nuno Aroso, Marco Fernandes, Bruno Costa e Filippo Lattanzi.

Segundo Luís Filipe Araújo, vereador da Cultura da Câmara de Gondomar, o Concurso Internacional de Música “ocupa uma lacuna e é uma iniciativa que tem tudo para continuar nos próximos anos”. “A qualidade do evento e do seu júri está a ser um dos principais fatores para o sucesso da iniciativa”, refere o autarca.

Grande parte dos instrumentos vão ser disponibilizados pela Banda Musical de Gondomar, que está a acompanhar o evento desde a sua génese. Daniel Fernandes, presidente da direção, mostra-se simultaneamente orgulhoso e expectante “para a primeira edição do concurso, que superou as melhores expectativas que poderíamos ter”.

Refira-se que o Concurso Internacional de Música será, este ano, dedicado à percussão e destina-se a executantes de todas as idades e percussionistas de todas as nacionalidades.

, , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *