COVID-19 agrava-se em Gondomar e obriga a implementação de medidas drásticas

O Município de Gondomar tem vindo a presenciar um aumento nos casos registados, atualmente, o concelho possui 518 casos ativos e mais de mil pessoas encontram-se em casa em vigilância, confinadas e a serem medicadas. Em três dias presenciou-se o duplicar dos números, existindo 20 turmas de escolas com casos positivos de COVID-19.

Segundo Marco Martins, neste momento Gondomar enfrenta um dos piores momentos desde o início da pandemia. É nesta linha que o executivo camarário viu-se obrigado a implementar novas medidas mais restritas.

Assim, após reunir com a Proteção Civil foi decidido que todos os parques infantis, a partir de hoje, serão selados. Quanto aos espaços comerciais, foi comunicado que a GNR e a PSP estarão no terreno a fiscalizar, “quem reincidir na infração, de funcionar para além das horas definidas ou por desrespeito da lotação máxima permitida, será alvo de encerramento coercivo”, refere o edil constatando que neste momento a tolerância é zero para qualquer infração cometida.

Todos os cemitérios serão encerrados a partir dos dias 30 e 31 de outubro e 1 e 2 de novembro. Todos os espaços verdes e passadiços serão alvo de fiscalização e serão realizadas diversas campanhas de sensibilização na rua que terão o intuito de alertar os gondomarenses sobre a importância de utilizar equipamento de proteção individual, bem como manter a distância social.

Quanto aos transportes públicos a vigilância será mais frequente por parte das autoridades competentes. E os testes realizados nos centros de rastreio no Pavilhão Multiusos passará a ter duas linhas de testes, duplicando assim a capacidade de realização dos mesmos e reduzindo os tempos de espera.

 

, , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.