Cuca Roseta e Blasted Mechanism na segunda Noite Branca de Gondomar

Tal como em 2014, o Trio Elétrico vai animar as ruas de S. Cosme / Foto: Arquivo Vivacidade

Tal como em 2014, o Trio Elétrico vai animar as ruas de S. Cosme / Foto: Arquivo Vivacidade

O glamour vai chegar a Gondomar a 5 de setembro. Pelo menos é o tema escolhido para esta noite, pelo Município de Gondomar. Os gondomarenses voltam a vestir-se de branco para festejar a abertura das Festas do Concelho na segunda edição da Noite Branca. Entre os convidados da iniciativa destacam-se a fadista Cuca Roseta, os Blasted Mechanism, os DJ’s FUNKyou2, Kathy e Crassh Street Show.

A Noite Branca de Gondomar está de volta às ruas da sede do concelho. A 5 de setembro as principais artérias de Gondomar enchem-se de branco para “uma noite diferente”, de circulação livre, que inclui concertos, espetáculos de dança, animação circense, malabarismos, estátuas vivas, modelagem de balões, pilares humanos, pinturas faciais, entre outras coisas. Objetivo? “Convidar as pessoas a saírem à rua para, connosco, abrirem as Festas do Concelho”, explica ao Vivacidade Sandra Almeida, vereadora da Juventude da Câmara Municipal de Gondomar.

Esta segunda edição está já “a ter um grande impacto”, garante a autarca. “Penso que os gondomarenses estão, este ano, com uma expectativa muito grande em relação à Noite Branca e não podemos desfraldar essa expectativa. A aposta da Câmara foi em reforçar o programa das atuações. A grande novidade para este ano são os cabeças de cartaz que no ano passado não existiam. Este ano temos quatro palcos principais – no ano passado não tínhamos palcos físicos – e temos um lounge, como no ano passado. Não vamos deixar de ter pessoas na rua por falta de animação”, explica Sandra Almeida.

Nesta segunda edição a animação principal fica a cargo de Cuca Roseta, dos Blasted Mechanism, DJ’s FUNKyou2, Kathy e Crassh Street Show. Para além da música, parte do comércio local abre portas na Noite Branca e vários bares e espaços temáticos terão à venda gins em copos de chocolate e caipirinhas de todos os tipos, sangria branca, de champanhe e de frutos vermelhos, gelados, crepes, bifanas, entre várias outras coisas.

A abertura será feita às 19h, na Câmara Municipal, com o Trio Elétrico e as atuações itinerantes à frente do Trio a saírem dos Paços do Concelho e a percorrer as ruas até à zona delimitada, pedonal, na rua 25 de Abril. As atuações começarão por volta das 20h.

Massa associativa junta-se, este ano, à Noite Branca

“O objetivo é superar as visitas do ano passado e ter nas ruas umas centenas de milhares de pessoas”, comenta Sandra Almeida. “Temos este ano uma participação muito ativa das associações. Todas as coletividades do concelho foram convidadas e expliquei que todos poderiam participar desde que apresentassem um projeto dentro do que é a Noite Branca, com todo o glamour”, refere.

A noite branca é organizada pelo Município de Gondomar com a colaboração do associativismo e com o comércio local e o orçamento para este ano é superior a 15 mil euros, valor que não agradou a oposição nos Paços do Concelho [ver caixa].

Cuca Roseta: “O concerto está a ser preparado com o maior carinho para o público de Gondomar”

Ao Vivacidade, a fadista Cuca Roseta, uma das cabeças de cartaz da Noite Branca de Gondomar confessa estar feliz por poder, pela primeira vez, “levar a música ao concelho”. “O concerto está a ser preparado com o maior carinho para o público de Gondomar que nos recebe. É um grande orgulho e uma grande alegria! Sinto-me muito feliz com este convite, eu e toda a minha equipa, e será sem dúvida uma noite muito especial para nós”, conta a artista. Sobre a sua carreira, Cuca Roseta mostra-se feliz pelo facto da sua “música chegar aos quatro cantos do mundo e a muitas pessoas”. “É muito gratificante fazermos música que vemos que toca na vida das pessoas e as transforma. Esse é o grande dom que a arte tem e poder ver isso a acontecer com a minha música e os meus discos é magnifico! São muitas as palavras maravilhosas que me chegam todos os dias, de vários lugares do mundo, a dizer como uma ou outra música faz parte da vida de tantas pessoas e da sua alegria”, explica ao Vivacidade. Para o dia 5 de setembro, a fadista promete apresentar temas  do seu novo disco, Riu, mas também músicas dos seus outros dois álbuns.

Blasted Mechanism: “É uma noite muito especial para a cidade onde reina o espírito de festa”

“Vai ser uma estreia para nós tocar em Gondomar, como tal, estamos a preparar um show que promete marcar todos aqueles que fizerem a festa connosco nesse dia”, revela ao Vivacidade a banda portuguesa, Blasted Mechanism. O grupo de rock alternativo afirma também que esta “é uma noite muito especial para a cidade onde reina o espírito de festa”. “É o nosso ambiente natural, e sermos os escolhidos para cabeças de cartaz do palco dedicado à música é muito positivo para nós, um voto de confiança na nossa carreira”, acrescentam.

 Quanto ao percurso da banda, os Blasted respondem: “Estamos na estrada a apresentar o nosso novo álbum “Egotronic“. A banda está com muita química, e a receção que temos tido tanto em Portugal como no estrangeiro tem sido muito boa, e para o comprovar temos a vibração de energia positiva que fica no ar todas as vezes que saímos do palco”. O alinhamento preparado para a Noite Branca vai passar pelos vários álbuns dos Blasted Mechanism, com temas emblemáticos da banda como: “Atom Bride Theme” “Nadabrovitchka”, “Battle of tribes”, “Start to Move”, assim como músicas do álbum lançado recentemente “Egotronic” das quais se destaca o primeiro single “Really Happen”, entre muitas outras. “Melhor mesmo é juntarem-se à festa”, garante o grupo português.

, , , , ,