Academia de Ginástica Paulo VI culmina a época em grande

Pela quarta vez consecutiva a Academia de Ginástica Paulo VI venceu os campeonatos nacionais de desporto escolar.

Ao VivaCidade, Pedro Santos, professor e treinador da Academia Paulo VI, enalteceu aquela que para ele foi “uma época fantástica”. “Foi uma continuação de um trabalho que já temos feito. Este ano, em termos de nacionais de desporto escolar, fomos campeões nacionais em trios femininos e masculinos, vice-campeões nacionais em pares femininos e trios femininos e terceiro lugar nacional em pares masculinos”, enumerou.

A Academia de Ginástica Paulo VI conta com aproximadamente 150 atletas distribuídos pela classe de federados, de desporto escolar, de ginástica para todos, de ginástica para o 1º ciclo e classe de ginástica pré-escolar. No que toca à categoria de desporto federado, a Academia elevou a fasquia nesta época e apostou nos seniores de primeira divisão. Para Pedro Santos, “o balanço não poderia ter sido melhor”. “Fomos vice-campeões nacionais no ano de estreia, vice-campeões nacionais em quadras femininas e vice-campeões nacionais em equipas. Consecutivamente haviam uns acessos a umas chamadas “super finais”, conseguimos esse acesso e voltou a confirmar-se o vice-campeonato na quadra feminina e conseguimos um quarto lugar nos pares mistos”, revelou o professor e treinador da Academia Paulo VI.

O segredo para uma época tão positiva assenta sobretudo no “compromisso” garantiu Pedro Santos. “O compromisso deles é essencial e eles nisso são exímios. Depois é o trabalho e o esforço tanto dos atletas como nós os treinadores”. Os atletas, que treinam de segunda a sexta-feira, das 18h30 às 20h30, brilharam nesta época ao disputarem os “quatro campeonatos nacionais possíveis no mundo da ginástica em Portugal” e segundo Pedro Santos, “não há nenhum clube assim”.

No que diz respeito aos apoios, o professor e treinador destacou os “dois braços direitos” da Academia, destacando o trabalho “fantástico” com a direção e a grande ajuda por parte dos pais.

Este ano, também ficou marcado pela primeira edição do Sarau da Academia de Ginástica Paulo VI a 5 de julho, organizado pela Associação de Pais e Encarregados de Educação do Colégio Paulo VI, em representação da Academia de Ginástica Paulo VI e da Direção do Colégio.

“Foi um Sarau em que nós apresentamos as nossas classes de ginástica e as nossas coreografias de grupo e também algumas coreografias mais relevantes da época”, explicou Pedro Santos, num evento que contou com a participação de outras escolas e clubes. O treinador confessou que o Sarau “ultrapassou as expectativas” e ter enchido o Pavilhão de Fânzeres foi “maravilhoso”. “O balanço foi muito positivo para o primeiro sarau que fizemos. De certeza que é para continuar”, concluiu Pedro Santos.

,