Duarte Barbosa correu pela Associação do Porto de Paralisia Cerebral

Duarte Gil Barbosa pela APPC

Duarte Gil Barbosa (á direita) correu pela APPC / Foto: Direitos Reservados

Duarte Gil Barbosa, enfermeiro e atleta informal, atingiu o objetivo de apoiar a Associação do Porto de Paralisia Cerebral (APPC) a correr, após 24 horas de prova, nos dias 17 e 18 de setembro, em Vale de Cambra. 

A APPC vai receber um donativo de 1950 euros no dia 30 de setembro. A doação resulta de um objetivo atingido por Duarte Gil Barbosa. O atleta propôs-se a correr 24 horas pela associação de paralisia cerebral na corrida “24h Portugal 2016”, que se realizou em Vale de Cambra, nos dias 17 e 18 de setembro.

Duarte Barbosa completou 96 voltas ao percurso e ultrapassou os 200 quilómetros definidos como “meta”. O donativo do atleta corresponde a um euro por cada quilómetro percorrido, num total de 204 euros, a que se somam donativos de outros beneméritos.

“Um mês antes da prova defini este objetivo de completar 200 quilómetros em 24 horas e felizmente foi alcançado. Escolhi apoiar a APPC porque o meu primo foi cuidado por eles”, afirma o enfermeiro-atleta, em declarações ao Vivacidade.

A verba angariada destina-se à realização de obras de melhoria da segurança na Casa da Maceda, no Porto, unidade destinada a apoiar diariamente pessoas com deficiência e incapacidade.

Duarte Gil Barbosa contou com o apoio do presidente da direção da APPC, Abílio Cunha, no arranque e no final da prova.