Edifício do Mercado da Areosa vai acolher clínica social e balcão de serviços

Câmara quer revitalizar praça com feirantes até ao verão e reduzir tarifas de estacionamento

Mercado da Areosa / Foto: Ricardo Vieira Caldas

Mercado da Areosa / Foto: Ricardo Vieira Caldas

O Mercado da Areosa vai finalmente ser alvo de uma revitalização. A Câmara Municipal vai, através de um protocolo com a Cooperativa de Solidariedade Social Povos de Gondomar, ocupar o segundo piso do edifício com uma clínica social e transformar o rés-do-chão num local de serviços com um balcão algo semelhante a um Espaço do Cidadão. Para o exterior, o presidente da Câmara, Marco Martins, quer até ao verão ver concluídas as obras de requalificação do mercado e reduzir as tarifas de estacionamento.

“Há três projetos diferentes: ocupação do edifício atual, reorganização do espaço da feira e aproveitamento da praça e renegociação do estacionamento”, começa por revelar, em exclusivo ao Vivacidade, o presidente do município de Gondomar, Marco Martins. “É necessário retomar a dinâmica perdida por culpa de um erro estratégico”, admite e, desse modo, há um “compromisso de revitalizar o Mercado da Areosa e o comércio adjacente”, refere o edil camarário.

A Câmara Municipal leva assim a reunião da autarquia, a proposta de um protocolo com a Cooperativa de Solidariedade Social Povos de Gondomar (CSSPG) para “dinamização e ocupação do 2.º piso com uma Clínica Social com vários serviços.” Para o rés-do-chão, segundo Marco Martins, está previsto “um balcão unicooperativo, uma loja semelhante à Loja do Cidadão, mas que não terá serviços tão amplos”. As obras ficam a cargo da cooperativa e a autarquia conta “ter o edifício ocupado em junho”.

Para a CSSPG a “contrapartida é que pagam renda, como os outros lojistas, e comprometem-se a realizar um conjunto de iniciativas para dinamizar o Mercado da Areosa, todos os sábados de tarde. A primeira será no dia 25 de abril”, revela o presidente.

‘Areosa Vintage Fair’ pretende revitalizar o mercado todos os sábados à tarde

As iniciativas vão ser organizadas em parceria com a CMG e a Junta de Rio Tinto mas é a CSSPG que vai dinamizar todos os sábados a tarde a ‘Areosa Vintage Fair’. Na prática, o conceito passa por uma feira de velharias, tralhas e usados, disponível para qualquer cidadão a um preço simbólico. “Cada vez mais e em tempo de crise social, estas feiras francas são importantes, pois ajudam quem está desempregado ou usufrua de baixas reformas, a ter um complemento mensal ao seu rendimento. Decorrem atualmente na Área Metropolitana do Porto diversas iniciativas deste género e achamos que o Mercado da Areosa seria um local ótimo para a realização de uma feira destas. Será uma feira aberta a sócios e não sócios da CSSPG, tendo os sócios 50% de desconto no donativo que todos os participantes na AVF terão de fazer à cooperativa, sendo essa verba utilizada na promoção e realização da própria Areosa Vintage Fair”,  explica a organização num comunicado disponibilizado ao Vivacidade.

, , , , , ,