Época Medieval vivida por 15 mil pessoas em Rio Tinto: Quinta das Freiras recuou até à Idade Média

Feira Medieval de Rio Tinto, 2013 / Arquivo Vivacidade

Feira Medieval de Rio Tinto, 2013 / Arquivo Vivacidade

Feira Medieval de Rio Tinto, 2013 / Arquivo Vivacidade

Feira Medieval de Rio Tinto, 2013 / Arquivo Vivacidade

Já imaginou viver num período onde camponeses prestavam vassalagem aos nobres? Nos dias 20, 21 e 22 de setembro, várias foram as pessoas que puderam assistir às encenações medievais na Quinta das Freiras, em Rio Tinto, onde para além da habitual recriação histórica e do cortejo, houve espaço para a degustação de vários assados e gastronomia da época.

Cento e vinte expositores e uma maior organização marcaram a IV Medieval de Rio Tinto que levou 15 mil pessoas a viajar no tempo e percorrem – pelos caminhos da Quinta das Freiras – o período pós antiguidade.

Malabaristas, bailarinas, artesãos, cavalos e outros animais, foi o que se pode encontrar nos três dias dedicados à Idade Média em Rio Tinto.

Nuno Moutinho, um dos responsáveis pela organização da Medieval de Rio Tinto, destacou o “aumento da feira e a qualidade dos animadores”. Para o organizador, o “feedback foi muito positivo e o tempo também ajudou”.

Feira Medieval de 2014 já em preparação mas não aumenta

O balanço é, segundo Moutinho, de “afirmação”. “Queremos que esta feira continue a estar no mapa das medievais”, afirmou. Apesar da afirmação de que falou, Nuno Moutinho não deseja contudo aumentar a feira do próximo ano. “Pretendemos consolidar e aumentar a qualidade desta feira para o ano”, disse.

A IV Medieval de Rio Tinto incluiu 120 expositores [80 artesãos e 40 expositores de gastronomia] e levou à Quinta das Freiras 15 mil pessoas. A organização ficou a cargo de vários colaboradores riotintenses e da Junta de Freguesia de Rio Tinto em conjunto com a ARGO – Associação Artística de Gondomar.

, ,