ESG de portas abertas à comunidade

O "Dia Aberto" teve várias iniciativas e exposições / Foto: José Pedro Oliveira

O “Dia Aberto” teve várias iniciativas e exposições / Foto: José Pedro Oliveira

No passado dia 9, a Escola Secundária de Gondomar (ESG) dinamizou mais uma atividade relacionada com o centésimo aniversário da escola: o Dia Aberto.

Ao contrário do que é comum, a ESG abriu as suas portas num sábado, para receber alunos, encarregados de educação e toda a comunidade interessada. Para dar dinamismo a este dia, realizaram-se diversas iniciativas, com o apoio de entidades de referência. Na área do ensino, estiveram representadas instituições ligadas ao ensino superior como a Universidade Fernando Pessoa, Portucalense e o Instituto Universitário da Maia (ISMAI). No que diz respeito à saúde, esteve presente o Hospital-Escola da Universidade Fernando Pessoa que passou o dia a fazer rastreios gratuitos. O Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) e o CINDOR também marcaram presença.

Ao Vivacidade, Lília Silva, diretora da Escola Secundária de Gondomar, desvendou o motivo do evento. “O Dia Aberto foi uma iniciativa que surgiu integrada nos 100 anos da escola. Desta forma, tivemos o cuidado de ter dois espaços representativos das artes e ofícios do concelho de Gondomar, que também começaram na escola: o ouro, onde tivemos o CINDOR, e o nosso curso de restauro. Neste último tivemos uma banca com alunos do curso vocacional que fizeram uma mostra daquilo que é o restauro, para fazer recrudescer a talha, que é uma arte do concelho”, explicou a diretora.

O Dia Aberto foi considerado “um sucesso” e conseguiu atrair centenas de pessoas que se mostraram interessadas na iniciativa. Segundo Lília Silva, “a atividade foi uma aposta ganha e tem tudo para ter mais edições”.

, , , ,