Expo Gondomar: certame acolheu milhares de pessoas durante quatro dias

O certame trouxe milhares de pessoas ao Multiusos de Gondomar / Foto: Pedro Santos Ferreira

O certame trouxe milhares de pessoas ao Multiusos de Gondomar / Foto: Pedro Santos Ferreira

A Expo Gondomar realizou-se entre os dias 26 e 29 de maio, no Multiusos de Gondomar. O certame marcou o regresso ao concelho de uma feira que mostra aos visitantes a atividade empresarial do concelho. Milhares de pessoas visitaram os 182 stands em exposição.

“O nosso balanço é francamente positivo”, começa por afirmar Carlos Brás, vereador do Desenvolvimento Económico e Empreendedorismo da Câmara Municipal de Gondomar.

Ao Vivacidade, o autarca mostra-se satisfeito com a realização da Expo Gondomar, certame que contou com 182 stands em exposição e milhares de visitantes. Durante quatro dias foi possível conhecer as indústrias de ourivesaria e marcenaria de Gondomar, bem como atividades diversificadas do tecido empresarial gondomarense.

“Tivemos uma surpresa na adesão dos expositores, cujo interesse foi elevado, e na afluência do público. O grande objetivo desta feira era dar a conhecer a excelência da produção industrial e da atividade económica de Gondomar, além de permitir aos empresários alguns contactos, sobretudo entre empresários gondomarenses”, realça o vereador municipal.

Carlos Brás realça a realização de “excelentes iniciativas inseridas no evento” e a aposta ganha na exposição do espaço exterior ao Multiusos. “O espaço exterior também foi uma aposta ganha pela diversidade que trouxe ao evento e pela curiosidade que suscitou nos visitantes. Queríamos recuperar o espírito da Agrindústria com o espaço exterior e criamos um espaço mais ligado ao setor primário”, disse o vereador do Empreendedorismo.

O responsável pela organização do evento prometeu “rentabilizar o espaço” e “dar mais visibilidade a alguns setores industriais” na próxima edição da Expo Gondomar.

“Isto é só o começo”, afirmou Marco Martins
Para o presidente da Câmara Municipal de Gondomar a 1ª edição da Expo Gondomar representou apenas “o começo”. Na breve intervenção que antecedeu a visita inaugural à exposição, o edil gondomarense reforçou a intenção do Município apostar “nos empresários e nas pessoas” do concelho.

“Estamos aqui pelos investidores e por aqueles que vocês empregam. Na campanha eleitoral percebemos a falta de ligação que existia entre vários setores e também percebemos que havia necessidade de colocar as empresas a conversar. Assumimos, por isso, o compromisso de recuperar a Agrindústria, não a feira do passado, mas aquilo a que chamámos a Agrindústria do século XXI e que, agora, denominamos de ExpoGondomar”, afirmou o autarca.

Durante o discurso, Marco Martins recordou o objetivo do certame: “mostrar o que de melhor se faz em Gondomar, a inovação, a tecnologia, mas também recuperar a história, respeitando o passado”.

O presidente do Município salientou ainda as oportunidade geradas pelo novo Plano Diretor Municipal, assim como o novo regulamento de taxas “que permite às empresas uma redução anual de 10% por aquilo que paga à Câmara por cada cinco novos postos de trabalho criados”.

Cristiana Viana eleita Miss Gondomar
Cristiana Viana sucedeu a 29 de maio a Teresa Barbosa no título de Miss Gondomar. Vinte e um anos depois, Gondomar voltou a ter um concurso de beleza municipal, inserido na Expo Gondomar.

A gondomarense arrecadou o ceptro numa prova com três passagens realizada na Sala D’Ouro do Multiusos de Gondomar.

As concorrentes Daniela Dimitrov e Teresa Fidalgo foram eleitas, respetivamente, segunda e primeira damas de honra de Cristiana Viana.

A Miss Gondomar 2016 tem acesso direto à final do Miss Portuguesa, que se realizará no mês de julho. A iniciativa dá continuidade ao antigo título Miss Portugal e elege as representantes portuguesas aos principais certames de beleza mundiais.

A organização Miss Portuguesa, parceira da Câmara Municipal de Gondomar na promoção do evento, possui os direitos de Portugal e representa o país nos cinco concursos Grand Slam internacionais.

Assim, a Miss Portuguesa deverá representar Portugal e constituir uma marca e imagem internacional do país nas suas participações internacionais.

, , , ,