Fânzeres e São Pedro da Cova: Junta apresentou cinco iniciativas culturais em simultâneo

Junta apresentou iniciativas culturais - Março 2019

As cincos iniciativas foram apresentadas em simultâneo / Foto: Pedro Ferreira

A Junta da União das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova apresentou, no dia 7 de março, cinco iniciativas culturais que irão decorrer nos próximos meses neste território.

A 2ª Bienal de Arte da Vila de Fânzeres, o 4.º Concurso de Curtas-Metragens, o 5.º Conta-me um Conto, o 28.º Prémio Nacional de Poesia da Vila de Fânzeres e o 36.º Concurso de Quadras Populares ao São Pedro foram as iniciativas apresentadas, em simultâneo, em conferência de imprensa protagonizada por três elementos do executivo da Junta da União das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova. A divulgação à imprensa teve lugar no início deste mês, no salão nobre do edifício da Junta de Freguesia de Fânzeres.

Apresentamos hoje cinco iniciativas maiores que a União das Freguesias irá levar a cabo. Duas delas são mais antigas – Quadras ao São Pedro e Prémio Nacional de Poesia –, juntamente a isso temos três novas iniciativas, criadas pelo executivo anterior e que queremos continuar a honrar. Queremos que as iniciativas sejam das freguesias e não só da Junta de Freguesia, apelando, por isso, à participação de todos os interessados”, começou por referir Pedro Miguel Vieira, presidente da União das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova.

Desta forma, a 2ª Bienal de Arte vai centrar-se no tema “O Povo”, sendo, este ano, exclusivamente dedicada à caricatura e desenho de humor. Esta iniciativa conta com o apoio da Associação Artística de Gondomar (ARGO).

“Para a ARGO é um orgulho colaborar nesta iniciativa. Esta 2ª edição terá o apoio de Onofre Varela e José Oliveira, ex-membro da Federação Internacional de Cartoonistas. Estamos confiantes que vamos ter uma boa adesão”, afirmou Albertino Valadares, presidente da ARGO.

No que diz respeito ao cinema, o 4.º Concurso de Curtas-Metragens volta a desafiar os realizadores nacionais e locais para criarem uma proposta cinematográfica com a duração máxima de 25 minutos.

“Esta iniciativa visa impulsionar o gosto pelo audiovisual. É um concurso nacional, mas noutras edições já chegamos a receber representantes internacionais. Temos recebido cerca de 50 propostas de todo o país e este ano queremos repetir ou aumentar esse número. Além disso, temos um prémio de 125 euros para a produção vencedora da União das Freguesias, porque queremos estimular a participação local”, explicou Pedro Barbosa, vogal da União das Freguesias.

Coube, depois, a Maria José Cardoso, também do executivo da Junta, a tarefa de apresentar o 5.º Conta-me um Conto, o 28.º Prémio Nacional de Poesia e o 36.º Concurso de Quadras Populares ao São Pedro, evocando as datas limite para as entregas de trabalhos [ver caixa].

Entre as principais novidades, destaca-se a nova parceria estabelecida com a Elefante Editores, editora especializada em poesia, que irá resultar na edição final da obra vencedora do 28.º Prémio Nacional de Poesia, com uma tiragem de 200 exemplares.

“No ano passado tivemos uma das edições com maior participação. Este ano vamos colaborar com a Elefante Editores, que irá editar o livro e patrociná-lo. A editora foca-se em procurar novos autores ligados à poesia e, por isso, também os escolhemos”, lembrou Maria José Cardoso.

No que diz respeito às outras iniciativas, mantém-se as características das edições anteriores, com uma grande aposta na divulgação entre os mais jovens, que nos últimos anos têm “reforçado a sua participação quer no Conta-me um Conto quer no Concurso de Quadras ao São Pedro”.

Todas as iniciativas estão integradas na comemoração do 30.º aniversário da elevação de Fânzeres e de São Pedro da Cova a Vila. A efeméride será comemorada a rigor durante este ano.

, , , , , ,