Festival de Teatro de Fânzeres inaugura a 13 de outubro

Festival de Teatro de Fânzeres - setembro 2018

O Festival de Teatro de Fânzeres terá lugar no Salão Paroquial da freguesia / Foto: Pedro Santos Ferreira

O Salão Paroquial de Fânzeres vai voltar a receber quatro espetáculos integrados no Festival de Teatro de Fânzeres. A peça “Quero ir prá ilha”, com Carlos Areia, inaugura a iniciativa no dia 13 de outubro.

O experiente ator Carlos Areia, que participou em “Nós os Ricos”, “Milionários à Força”, “Malucos do Riso”, “Morangos com Açúcar”, vai atuar no Salão Paroquial de Fânzeres, no dia 13 de outubro, pelas 21h30. Trata-se do espetáculo “Quero ir prá ilha”, que irá inaugurar nova edição do Festival de Teatro de Fânzeres.

A completar o cartaz, seguem-se três produções de teatro amador: “É Dramático de Rio Tinto em Revista”, do Grupo de Teatro Renascer, no dia 20 de outubro; “O Doido, a Morte e o Mundo”, dos Alunos de Meirim FC, no dia 27 de outubro; “A Piada da Revista”, do Grupo de Teatro O Republicano”, no dia 3 de novembro.

“O nosso objetivo é proporcionarmos diferentes espetáculos ao público de Fânzeres e São Pedro da Cova. A nossa aposta vem nesse sentido, porque queremos atrair habitantes de ambas as freguesias e das restantes do concelho de Gondomar”, explica Maria José Cardoso, do executivo da União das Freguesias, ao Vivacidade.

De acordo com a responsável pela iniciativa, “as pessoas têm a possibilidade de assistir a espetáculos que percorrem o país, a um preço mais acessível”. A autarca sublinha ainda a importância da “interação entre teatro profissional e amador no cartaz do festival de teatro “.

Os bilhetes já estão à venda nas secretarias da Junta das Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova, na Paróquia de Fânzeres ou no Centro Republicano e Democrático de Fânzeres.

O passe para as quatro sessões pode ser adquirido por 10 euros, o ingresso para o espetáculo “Quero ir prá ilha” tem um custo de cinco euros e as restantes sessões custam 2,5 euros.

O Festival de Teatro de Fânzeres conta com os apoios da Paróquia do Divino Salvador de Fânzeres e do Centro Republicano e Democrático de Fânzeres.  

, , , ,