Gens recriou tradição esquecida da Quinta-Feira Maior

Quinta-Feira Maior - maio 2019

A tradição do “Cantar às Almas” voltou a cumprir-se em Gens, Foz do Sousa / Foto: Direitos Reservados

Em tempo de Quaresma, para a Igreja Católica, o Rancho Folclórico de Gens em parceria com o Grupo Coral de Gens e a comunidade local, levou a cabo no dia 18 de abril, a recriação de uma tradição já há muito esquecida, o “Cantar às Almas” e recitação do Rosário da Quinta-Feira Maior, contando assim 3.ª edição consecutiva deste evento. Importa, contudo, frisar que desta oração comunitária em Gens, existe registo desde o ano de 1924.

Concentrados no adro da antiga capela de S. Roque de Gens, atual Espaço Museológico da Foz do Sousa, onde dezenas de populares ali esperavam ansiosamente para ver, in loco, a tradição que os seus avós tanto falavam e que mesmo os mais velhos nunca assistiram. Cantaram às Almas e rezaram o tão conhecido Rosário da Quinta-Feira Maior.

Marcou presença a Câmara Municipal de Gondomar, representada por Luís Filipe Araújo, vice-presidente, que enalteceu a riqueza da recolha, preservação e recriação de uma tradição riquíssima pela sua particularidade e de desconhecimento das gerações atuais, salientando a sua importância de transmissão do conhecimento das origens e tradições dos recantos da cidade de Gondomar.

, , , ,