Gondomar e SC Rio Tinto piscam o olho à terceira eliminatória da Taça de Portugal

Taça de Portugal - setembro 2018

O Gondomar SC e o SC Rio Tinto vão participar na 2ª eliminatória da Taça de Portugal / Foto: Bruno Oliveira

Leça e Coimbrões foram os carrascos de Gondomar e SC Rio Tinto na primeira eliminatória da Taça de Portugal. Seguem-se Cova da Piedade e Moura. O Estádio de São Miguel e o Estádio Cidade de Rio Tinto vão acolher dois jogos que prometem fervilhar o concelho gondomarense durante o fim de semana.

Com duas vitórias categóricas na primeira eliminatória da Taça de Portugal, ambas por 2-0, as duas equipas gondomarenses querem, agora, alcançar a terceira eliminatória da mítica prova do futebol português, onde já estarão presentes todos os clubes da Primeira Liga. Quanto à formação orientada por José Alberto, o adversário que se segue é o experiente Cova da Piedade, que ocupa o décimo segundo lugar da Segunda Liga. O jogo irá realizar-se no Estádio de São Miguel, este sábado, às 15h30. Estivemos à conversa com o técnico gondomarense de 54 anos, que nos revelou a importância de “jogar perante os nossos adeptos nesta eliminatória”. “Acreditamos que será possível passar à terceira eliminatória da Taça de Portugal, temos algumas possibilidades perante um adversário de uma divisão superior, até porque a nossa equipa está moralizada tendo em conta os bons resultados que temos alcançado”, destacou José Alberto. Questionado sobre os pontos fortes do Cova da Piedade, o treinador destacou “um coletivo muito forte, onde abunda a experiência de alguns jogadores que já jogaram em clubes da Primeira Liga, como Sporting e Belenenses”.

Já o Sport Clube de Rio Tinto, após eliminar o Coimbrões fora de portas, irá, no domingo, às 15h, medir forças com o Moura, do Campeonato de Portugal, na segunda eliminatória da Taça de Portugal. Pedro Ferreira, técnico da turma riotintense, foi, também, contactado pelo Vivacidade. Ele que demonstrou um orgulho enorme no facto de o SC Rio Tinto receber uma eliminatória da Taça de Portugal em sua casa, junto da sua massa associativa. “Nós acreditamos na passagem à terceira eliminatória, está a ser uma semana de muito trabalho sempre com esse foco. Iremos defrontar, em nossa casa, um clube do Campeonato de Portugal, da Série D, com equipas menos competitivas”, afirmou o treinador de 35 anos. “O nosso adversário tem vários jogadores estrangeiros e funciona muito à base das individualidades. É uma equipa algo desorganizada a nível defensivo e, por isso, acredito que vamos derrotar o Moura”, concluiu Pedro Ferreira.

, , , , ,