Gondomar prepara candidatura para alargar saneamento

A candidatura está a ser preparada pelo Município / Foto: Arquivo Vivacidade

A candidatura está a ser preparada pelo Município / Foto: Arquivo Vivacidade

A Câmara de Gondomar anunciou a 8 de abril a intenção de alargar a rede de saneamento para “números muito próximos dos 95%”. Segundo Marco Martins, está a ser preparada uma candidatura que visa o Alto Concelho e São Pedro da Cova.

O presidente do Município de Gondomar quer que “em breve” a rede de saneamento atinja “números muito próximos dos 95%”. A garantia do autarca foi dada à margem do II Encontro de Educação Ambiental, realizado na Sala D’Ouro do Multiusos de Gondomar.

Em declarações à agência Lusa, Marco Martins disse estimar que o investimento necessário ronde os cinco milhões de euros, projeto que será “consensualizado” quer com a concessionária da rede no concelho, a Águas de Gondomar, quer com recurso a fundos comunitários.

Atualmente Gondomar tem uma cobertura de saneamento de 85% e a candidatura que está a ser preparada envolve as zonas de Foz do Sousa, Covelo, Medas e Melres, bem como, na zona urbana de São Pedro da Cova, cerca de 500 habitações da encosta da Bela Vista que surgiram no passado de forma ilegal, existindo casos que se arrastam há 30 anos.

O autarca aproveitou ainda a presença de Matos Fernandes, ministro do Ambiente, para recordar três “grandes projetos” que estão em curso no concelho. Marco Martins destacou a constituição do “Pulmão Verde”, a colocação do intercetor no rio Tinto e o alargamento da rede de saneamento que quer alargar.

, , , , , , ,