Grupo de Teatro Renascer pôs “Mãos à Obra” no encerramento do 14.º Festival de Teatro

O espetáculo "Mãos à Obra" encerrou o 14.º Festival de Teatro / Foto: Pedro Santos Ferreira

O espetáculo “Mãos à Obra” encerrou o 14.º Festival de Teatro / Foto: Pedro Santos Ferreira

O auditório do Grupo Dramático e Beneficente de Rio Tinto teve lotação esgotada no encerramento do 14.º Festival de Teatro da Cidade de Rio Tinto. A estreia da revista à portuguesa “Mãos à Obra meu Porto”, fechou em alta a última edição do festival que durante o mês de novembro levou os gondomarenses ao teatro, aos sábados à noite.

Foram cinco noites de sábado com espetáculos de teatro amador. A 14.ª edição do já tradicional Festival de Teatro da Cidade de Rio Tinto, superou novamente as expectativas com a atuação de quatro grupos convidados e do grupo de teatro residente, que ficou encarregue de encerrar o festival, no dia 30 de novembro.

O Auditório do Dramático de Rio Tinto esgotou para assistir à revista à portuguesa “Mãos à Obra meu Porto”, composta por dois atos, da autoria de Lopes de Almeida e encenada por Francisco Nogueira. A apresentação da revista contou também com acompanhamento musical ao vivo da Banda Atlantis.

No final, foram chamados ao palco Marco Martins e Nuno Fonseca para os discursos e agradecimentos ao público. “Para mim já é da praxe vir aqui, mas hoje venho noutras funções e com muito orgulho também. Espero que continuem a levar muito longe o nome do concelho”, disse o Presidente da Câmara Municipal de Gondomar.

Já Nuno Fonseca, Presidente da Junta de Freguesia de Rio Tinto, louvou a atuação do Grupo de Teatro Renascer, após ter afirmado que “Rio Tinto seria muito mais pobre se este grupo não existisse”. O autarca deixou ainda um desafio ao grupo: “No verão quero ver este teatro no Largo do Mosteiro, em Rio Tinto, até porque eu já cumpri a minha parte do acordo.”

Após os discursos, o encenador Francisco Nogueira realçou o “êxito do festival, com um sempre exigente público” e não deixou de pedir a “colaboração de todos para a realização do 15.º Festival de Teatro”.

, , ,