Grupo Psallite celebra Bodas D’Ouro

No dia 23 de novembro, o Grupo Psallite, celebrou as suas Bodas D’Ouro. O local da celebração foi a Igreja da Nossa Senhora Mãe dos Homens, em Gondomar, que contou com a presença de todos os amigos e apoiantes da Associação.

Foi em ambiente de festa que a coletividade celebrou 50 anos da sua fundação. Em dia de aniversário os presentes assistiram ao concerto D’Ouro, com o maestro Afonso Alves, ao Coral da Banda Visconde de Salreu (Estarreja), ao sexteto de metais e ao próprio coral Psallite, que como a própria organização refere “Juntos, como aqueles amigos de longa data, proporcionamos momentos inesquecíveis de muita alegria e qualidade musical”. Após o espetáculo, na Cripta, seguiu-se o convívio, que serviu para aquecer e alegrar o espírito dos presentes. Segundo a instituição, o momento possibilitou reencontrar aqueles que estavam mais distantes.

Recorde-se que o fundador do Grupo Psallite foi Franciscano Capuchinho FR. António Pojeira Dias, e que a instituição foi a primeira de muitas que viria a surgir em Gondomar. A escolha do nome Psallite remonta à necessidade de atender à razão da criação (animação litúrgica das festividades religiosas).

No ano 2000, os Psallite realizaram uma turné pelos Estados Unidos da América
e, em 2014 atuaram em Espanha no encontro de Coros Galaico-Português. Foi, ainda, o fundador dos encontros de coros em Gondomar, e têm colaborado no “Cantar Portugal”, projeto que apoia diversos corais do concelho de Gondomar.

No passado mês de julho, o grupo conquistou a medalha de bronze, no concurso internacional Vocal Art Choir Competion, na classe de Corais Seniores, que segundo a instituição, “tivemos a prenda de anos que veio reconhecer o trabalho e dedicação de todos”.

O grupo possui dois CDs gravados, denominados de “Festa da Vida” e “Concerto Natal”, e, em 2011, colaborou na gravação “Alegres na Esperança”. Participou também no CD de comemoração dos 50 anos das “Servas Franciscanas Reparadoras”.

Desde 1971, a orientação musical do Grupo diz respeito a José Melo, que aparte da sua vida profissional, consegue conciliar com as atividades e projetos do grupo. Desde setembro de 1978, até hoje, arcou com a Direção Artística do Grupo.

Atualmente, a associação é liderada por leigos, que procuram cooperar com o crescimento da igreja, participando em diversas atividades paroquiais. Desde a sua fundação, o grupo anima através da sua música a Eucaristia Dominical das 11h 30. ■

, ,