Há 600 anos…o Infante D. Henrique partia para Ceuta. Alunos de Rio Tinto comemoram data

Arruada dos alunos e professores no Porto / Direitos Reservados

Arruada dos alunos e professores no Porto / Direitos Reservados

Em 1414, Infante D. Henrique partiu em campanha para a conquista de Ceuta, na costa norte-africana junto ao estreito de Gibraltar. A conquista da cidade veio em agosto de 1415, assegurando a Portugal o controlo das rotas marítimas de comércio entre o Atlântico e o Levante. Embarcando nesta comemoração, proposta pela Quadrante Roteiros, a Escola EB 2,3 de Rio Tinto desenvolveu várias atividades relacionadas com esta temática.

O ‘Jornal do Tempo’, afixado no exterior da escola, é apenas um dos projetos deste grupo de alunos e professores da Escola EB 2,3 de Rio Tinto que decidiram comemorar os 600 anos da partida de Infante D. Henrique para Ceuta. Mensalmente, alunos e docentes expõem conteúdos relacionados com as descobertas e características dos locais abordados e envolvem a comunidade escolar na Época dos Descobrimentos.

Para além do jornal, o grupo de alunos – do 7.º ao 9.º ano de escolaridade – já organizou e participou num workshop de Danças do Renascimento, na apresentação da Lenda dos Tripeiros e prova de Tripas à Moda do Porto e num concurso de Música para interpretação de flauta, voz, cordas e percussão, com três peças alusivas à época.

“A visita ao World of Discoveries e uma arruada, no Porto, para mostra dos trabalhos ‘Um novo chapéu para o Infante”’ pela Avenida dos Aliados e Rua das Flores, seguida de dramatização de poemas de Fernando Pessoa, pelo Grupo de Teatro ‘Os Cá da Casa’, acompanhado por um conjunto de flautas, na Casa do Infante, foram as últimas atividades desenvolvidas pelo grupo”, explicou ao Vivacidade Maria José Monteiro, professora na EB 2,3 de Rio Tinto.

, , ,