Hospital-Escola apresenta tratamento inovador da doença da próstata

Foto: Direitos Reservados

Foto: Direitos Reservados

O Hospital Escola da Universidade Fernando Pessoa apresentou um tratamento inovador e diferenciado para os pacientes que sofrem de dificuldades urinárias através da cirurgia por vaporização anatómica. 

A unidade hospitalar da Universidade Fernando Pessoa, sediada em Valbom, apresentou uma técnica minimamente invasiva em que a remoção do tecido da próstata , que provoca a obstrução da bexiga, é feita com um laser introduzido através da uretra.

O novo método utiliza a vaporização anatómica prostática (VAP) para evitar feridas cirúrgicas e consequentes cicatrizes, além de evitar tratamentos prolongados exigidos pela cirurgia tradicional.

A técnica introduzida pelo coordenador do serviço de Urologia, Fábio Almeida, permite ao paciente ser operado de manhã e poder regressar à sua atividade habitual de tarde, com a função urinária normalizada, independentemente do volume da próstata.

A intervenção inovadora proporciona ainda melhor qualidade de vida ao paciente.

, , ,