In Skené quer dar nome ao teatro gondomarense

A 8 de março, o In Skené estreia "Felizmente Há Luar", no Auditório Municipal de Gondomar / Direitos Reservados

A 8 de março, o In Skené estreia “Felizmente Há Luar”, no Auditório Municipal de Gondomar / Direitos Reservados

Com um nome que deriva do latim e do grego, o In Skené – Teatro de Amadores de Gondomar surgiu em agosto de 2009, em São Cosme. Ao Vivacidade, João Ferreira, presidente do In Skené admite a possibilidade de profissionalizar o grupo de teatro gondomarense.

“O nome surgiu porque gerava alguma dúvida e curiosidade no público. As palavras “In” e “Skené” remetem para o latim e o grego, respetivamente. O “In” remete-nos para o latim, que deu origem à língua portuguesa, e o “Skené” remete-nos para o grego, que deu origem ao teatro”, começa por explicar João Ferreira, presidente e responsável pela direção artística do In Skené.

Fundado em agosto de 2009, o grupo de teatro amador dá vida a dezenas de espetáculos durante o ano. Com sede em S. Cosme, em Gondomar, o In Skené tem cerca de 200 sócios, 60 alunos e um espaço cedido em Rio Tinto. “Temos trabalhado a formação com jovens e adultos, de forma gratuita. As formações são administradas por formadores da associação e artistas convidados por nós”, afirma o presidente do grupo de teatro.

Ao Vivacidade, João Ferreira admite a possibilidade de profissionalizar o In Skené, até pelo “feedback” positivo que o grupo tem obtido. “No final do ano temos sempre uma apresentação final e já tivemos como convidados os atores José Wallenstein e António Capelo, que nos pediram para pensar numa lógica de profissionalização”, refere.

O In Skené não trabalha o género popular nem o teatro de revista. O grupo prefere apostar em épocas de espetáculos durante a semana e peças temporárias para o público escolar.

Segundo João Ferreira, a associação procura transmitir aos alunos a “capacidade de ser e estar no teatro como atores” com três grupos de formação: Intendo, Criatio e Habeo. “Do Intendo ao Habeo, os formandos aprendem os princípios base do teatro, a capacidade de fazer exercícios diferentes e a possibilidade de estar dentro das personagens”, comenta.

A 8 de março, pelas 21h30, o grupo de teatro estreia a peça “Felizmente há Luar 2014”. Este ano para além das sessões diurnas e In Skené vai estar em cena, durante a noite, no Auditório Municipal de Gondomar.

,