InvictaCon 2015 trouxe 300 jogos de tabuleiro a Rio Tinto

Não faltaram jogos aos visitantes / Foto: Pedro Santos Ferreira

Não faltaram jogos aos visitantes / Foto: Pedro Santos Ferreira

Pela segunda vez consecutiva, Rio Tinto recebeu, de 2 a 4 de outubro, o InvictaCon 2015, evento de jogos de tabuleiro organizado pelo grupo Boardgamers do Porto. No antigo liceu Martim Fernandes estiveram à disposição dos interessados cerca de 300 jogos.

Jogar e experimentar jogos de tabuleiro. Foi este o desafio lançado por João Gonçalves e Pedro Silva, organizadores do InvictaCon 2015 e representantes do grupo Boardgamers do Porto, que trouxeram ao antigo liceu Martim Fernandes cerca de 300 jogos de tabuleiro para desafiar os adeptos e curiosos do boardgaming.

“A aposta em Rio Tinto surge um pouco por acidente e por não termos conseguido um espaço no Porto. Em 2014, organizamos este evento no Centro Cultural de Rio Tinto e este ano o Projet’Arte cedeu-nos este espaço”, explica Pedro Silva.
A InvictaCon – 9ª edição do Encontro Nacional de Jogos de Tabuleiro e RPG do Porto – surgiu em 2006, data da fundação do grupo Boardgamers do Porto, e desde então tem-se realizado anualmente.

Segundo João Gonçalves, o grupo surgiu “por brincadeira” mas rapidamente tornou-se um caso sério para adeptos dos jogos de tabuleiro. “Eu tinha comprado alguns jogos mas faltavam-me pessoas para jogar. Comecei a levar os jogos para a loja XXL, no Porto, às terças-feiras e encontrei mais duas ou três pessoas que apareciam regularmente para jogar. Acabou por surgir a possibilidade de criar um grupo e assim foi. Hoje temos inscritas mais de 130 pessoas e reunimo-nos semanalmente para jogar”, afirma o organizador do evento. Assim, Rio Tinto não foi exceção e durante três dias o liceu Martim Fernandes transformou-se numa casa de jogos de tabuleiro para todos os gostos, dos mais familiares aos mais fantasiosos.

A InvictaCon 2015 contou ainda com a estreia de um jogo de tabuleiro que ainda não foi lançado no mercado chamado “The Gallerist”, onde os jogadores encarnam um curador de uma galeria de arte que compra e vende quadros de pintores, melhorando e aumentando o seu valor, e dois jogos em formato de protótipo: “Vinhos” e “Lisboa”.

O evento teve entrada gratuita e esteve aberto à comunidade.

, , , ,