Jerónimo de Sousa deu impulso à candidatura de Daniel Vieira

Jerónimo de Sousa em Gondomar - julho 2017

Daniel Vieira, candidato da CDU à Câmara de Gondomar / Foto: Pedro Santos Ferreira

No dia 16 de julho, o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, deslocou-se a Gondomar para participar no comício do partido, que teve lugar em frente à Câmara Municipal de Gondomar. A visita surgiu a convite da candidatura de Daniel Vieira ao Município.

“Temos provas dadas neste concelho. Temos candidatos bem preparados no que toca aos desafios colocados a Gondomar. Temos um projeto distintivo em relação às outras forças partidárias”, começou por dizer Jerónimo de Sousa no comício organizado pela CDU Gondomar.

A iniciativa comunista contou com a presença do secretário-geral do PCP que veio “dar força” à candidatura encabeçada por Daniel Vieira, que, por sua vez, salientou a vontade de “mudar de forma estrutural o concelho”.

Em discurso, o candidato criticou “um conjunto de propostas que não foram concretizadas”. “Disseram que iriam alargar o programa Polis, contudo não aumentou um metro. Prometeram a vinda do metro para o centro de Gondomar, mas não conseguiram. Disseram que iriam criar mil empregos por ano, numa promessa com caráter populista que não passou disso mesmo”, disse Daniel Vieira.

Em discurso, o candidato prometeu ainda “um programa eleitoral que vá para lá das próximas eleições”.

Antes, Joaquim Barbosa, candidato da CDU à Assembleia Municipal de Gondomar, realçou a integração de “gente jovem” nas listas da coligação. “É necessária uma visão integrante e integradora de todos os gondomarenses. Precisamos de um número de vereadores suficiente para podemos demonstrar a razão das nossas ideias”, referiu o candidato e atual vereador comunista.

“Queremos dar resposta às necessidades das três freguesias”
A candidatura da CDU à União das Freguesias de Gondomar (São Cosme), Valbom e Jovim, encabeçada por António Valpaços, foi apresentada a 9 de julho, na Escola Dramática e Musical Valboense.

“Estamos a construir uma lista com uma visão global das três freguesias e temos nestas terras trabalho feito, que nos orgulha de forma igual. O critério será só um: agir e resolver, sempre”, garantiu António Valpaços em discurso.

“É tempo de trazer Rio Tinto para o século XXI”
Marta Macedo será a candidata da CDU à Junta de Freguesia de Rio Tinto. A apresentação do projeto político teve lugar na Quinta das Freiras, no dia 8 de julho.

“É tempo de motivar os riotintenses. É tempo de trazer Rio Tinto para o século XXI. A seu tempo apresentaremos o nosso programa”, garantiu a candidata independente com o apoio da CDU.

A cabeça de lista fez-se acompanhar pelos restantes candidatos e criticou também a política ambiental seguida em Rio Tinto. “São necessários espaços verdes nesta cidade. O parque verde em construção é um projeto pequeno para a dimensão desta freguesia”, referiu Marta Macedo.

Liliana Luz será candidata à União das Freguesias de Foz do Sousa e Covelo
Liliana Luz, 38 anos, será a candidata da CDU à União das Freguesias de Foz do Sousa e Covelo. Licenciada em professores do 2.º ciclo do Ensino Básico e Mestre em Educação Especial, colabora desde 2015 com a Associação de Solidariedade Social de Lever. Pertenceu à Associação de Pais da Escola Básica de Jancido e foi representante de Pais na Escola Básica de Jovim.

Sandra Bastos encabeça candidatura a Melres e Medas
Sandra Bastos, 36 anos, é licenciada e mestranda em Arquitetura Paisagista. Será a candidata da CDU à União das Freguesias de Melres e Medas.

Em 2010, coordenou a iniciativa “Limpar Portugal” na freguesia de Medas. Foi delegada municipal nos censos 2011 nas freguesias de Covelo, Fânzeres, Foz do Sousa, Lomba, Medas e Melres.

, , , , , , ,