José Paiva: “A nossa principal prioridade é a conclusão do Centro de Dia” 

José Paiva - novembro 2018

José Paiva, União das Freguesias de Melres e Medas / Foto: Pedro Santos Ferreira

Um ano após a tomada de posse, quais são as principais medidas implementadas em Melres e Medas?
O balanço que faço é positivo. Obviamente, encontramos um grande trabalho feito pelo anterior executivo e isso facilitou-nos a tarefa. Essencialmente, neste primeiro ano demos continuidade ao que estava a ser feito.
Melres e Medas são duas freguesias com uma urografia muito própria e irregular, devido ao relevo. Por isso, as acessibilidades são muito difíceis em algumas artérias. A nossa estratégia tem passado por tentar melhorar essas acessibilidades, sempre que possível.
Realço também a colaboração que temos tido com as coletividades. É uma mentalidade que vem do anterior executivo, mas estamos a pensar reforçar esse apoio importante para nós e para a comunidade.
Julgo que Melres e Medas têm ganho com esta agregação.

O que ficou concluído este ano?
Concluímos uma série de acessibilidades, como por exemplo a Rua de Sezures, a Rua da Senhora da Piedade, que está a ser executada pela Câmara de Gondomar, graças à anuência dos proprietários do terreno, a Rua de Santa Iria, entre outros alargamentos que estavam pendentes.
Procuramos que cada freguês, junto à sua casa, tenha as melhores acessibilidades. São pequenas obras, mas sabemos que dizem muito às pessoas.

Por outro lado, o que falta concretizar?
A nossa principal prioridade é a conclusão do Centro de Dia, que terá capacidade para 10 camas em caso de emergência. No entanto, o objetivo é receber as pessoas durante o dia. Acredito que a obra ficará concluída no final deste mandato.
O Parque Urbano de Medas também deverá ser uma realidade no final deste mandato, tal como a colocação do relvado sintético no campo do Melres Desporto e Cultura. É uma necessidade, porque acreditamos que vamos proporcionar melhores condições para a prática desportiva.
A instalação do saneamento também é outra das prioridades que está em falta neste território. Acreditamos que em breve a cobertura da rede irá melhorar. A ETAR de Melres está a funcionar, a de Medas está praticamente em funcionamento.

, , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.