Junta de Jovim vai ter posto de correios

NFoto Arquivo Vivacidadeo dia 23 de janeiro, será inaugurado o posto de correios da Junta de Freguesia de Jovim. Ao Vivacidade, José António Macedo, presidente da União de Freguesias, mostra-se satisfeito com a garantia do serviço.

“Jovim vai passar a ter o seu posto de correios”. É desta forma que José António Macedo, presidente da União de Freguesias de Gondomar (São Cosme), Valbom e Jovim, sintetiza os serviços que passarão a ser prestados na Junta de Freguesia jovinense.

Assim, a partir de 23 de janeiro, passará a ser possível enviar e levantar cartas registadas, comprar selos, envelopes ou embalagens, enviar correspondência, pagar faturas (água, luz, renda de casa, telefone ou gás), receber valores (reformas, aposentações, subsídios e rendimento mínimo), pagar impostos (IRS ou IMI), pagar portagens e carregar telemóveis na Junta de Jovim.

“O maior benefício é permitir aos jovinenses tratarem dos seus assuntos sem terem que se deslocar a São Cosme. É um serviço de proximidade que o executivo se orgulha de poder concretizar, depois de um processo de negociação com os CTT que envolveu alguns estudos”, afirma José António Macedo.

Em declarações ao nosso jornal, o autarca recordou que a criação de um posto de correios envolve “disponibilidade de recursos humanos, de custos associados, de rentabilidade e de procedimentos legais que atrasaram o processo”.

Segundo o presidente da União das Freguesias, fica a faltar a Jovim “a recuperação do antigo edifício da Junta, onde vão ser criadas valências sociais e culturais, continuar o alargamento de ruas, o arranjo de caminhos de terra e a construção de passeios”.

, , , ,