Junta de Rio Tinto cria Conselho Local da Juventude

A Assembleia de Freguesia de Rio Tinto aprovou recentemente a criação do Conselho Local de Rio Tinto, proposto pelo executivo. O objetivo é “rejuvenescer as associações e os associados e renovar as políticas para a juventude.”

A primeira reunião é já a 28 de maio e a expectativa é “é ver os jovens associados mais próximos das coletividades e unidos entre si”. Nuno Fonseca, presidente da Junta de Rio Tinto, explica ao Vivacidade que o objetivo do novo órgão é “rejuvenescer as associações e os associados e renovar as políticas para a juventude.” “Estamos preocupados com o futuro e vamos tentar resolver os problemas com este projeto inovador que não existe em mais nenhuma freguesia do país”, comenta o autarca. “É uma marca para Rio Tinto. Tenho a certeza que este exemplo vai ser replicado noutras freguesias”, acrescenta.

Para a Junta de Freguesia de Rio Tinto “faz sentido juntar os dirigentes associativos de todas as associações de Rio Tinto” num só órgão. O projeto é aberto a todos os dirigentes com menos de 35 anos e pretende-se que os membros, em conjunto, possam “discutir políticas de juventude para todas as associações e não só para as associações juvenis.”

Este era um projeto que estava no nosso programa político e é mais um que fica cumprido. Na altura Gondomar não tinha Conselho Municipal de Juventude e agora tem, mas mesmo assim mantemos o nosso projeto porque é diferente do Conselho Municipal de Juventude, que é um órgão de consultoria das associações juvenis”, justifica Nuno Fonseca.

, , , ,